Arte para a diversidade e cidadania

Ana Laura Figueiro de Sousa, Andresa Carvalho Lopes Pires

Resumo


A prática em sala de aula permitida aos alunos de licenciatura pelo programa PIBID permi-te a validação dos conhecimentos teóricos, além de formar um profissional que tenha ca-pacidade de perceber a diversidade e as novas configurações sociais, que acabam refletindo no ambiente de ensino. Sendo assim, o Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência – PIBID – considerando o papel da escola de educação básica como local de atuação do professor de Artes Visuais, traz no projeto do programa da Universidade Fede-ral do Pará - UFPA, o foco nos eixos temáticos: História, Cultura Afro-Brasileira e Africana assim como a diversidade de gênero. Este artigo se trata de relatos de experiências vividas nas aplicações das atividades do programa e utiliza como ferramenta metodológica a ob-servação para uma reflexão sobre como este projeto contribuiu na construção da identida-de dos estudantes das escolas básicas participantes e na formação profissional dos estu-dantes de licenciatura envolvidos. 


Palavras-chave


PIBID. Ensino. Artes.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/cpg.v17n1.8419

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

Cadernos de Pós-graduação
ISSN da versão online: 2525-3514
www.cadernosdepos.org.br