Paradigmas pedagógicos contemporâneos: tecendo práticas diferenciadas e inovadoras

Raquel Rodrigues de Lima Simas, Marilda Aparecida Behrens

Resumo


Este texto objetiva oferecer uma reflexão sobre a ação de paradigmas que marcaram a sociedade e influenciaram o pensamento pedagógico, a ação docente e o processo ensino-aprendizagem. Encontra no entretecer de paradigmas pedagógicos contemporâneos as possibilidades de avanço a uma prática docente relevante, significativa, com metodologias que favorecem aprendizagens críticas, participativas e emancipadoras. Utiliza abordagem qualitativa, a partir de uma pesquisa-ação, envidado um processo reflexivo, de revisão bibliográfica e de produção individual e em grupo, de identificação e comparação de aspectos relevantes das concepções conservadoras e inovadoras na forma de compreender o aluno, o professor, a metodologia e a avaliação. Apresentará uma pesquisa-ação com docentes de diferentes áreas de formação, um estudo teórico, debate coletivo e elaborações escritas – individual e coletiva – de pesquisadores instigados a revisitar suas práticas e construir uma ação pedagógica inovadora calcada em um paradigma emergente ou da complexidade, consoante aos dias atuais.


Palavras-chave


Paradigmas Educacionais. Ação Docente Inovadora. Paradigma Emergente ou da Complexidade.

Texto completo:

PDF

Referências


BEHRENS, Marilda Aparecida. O paradigma emergente e a prática pedagógica. Curitiba: Champagnat, 1999.

BEHRENS, Marilda Aparecida. Docência universitária no paradigma da complexidade: caminho para a visão transdisciplinar. Capítulo 5 (p. 145 – 158). In: MAGALHÃES, Solange Martins Oliveira; SOUZA, Ruth Catarina Cerqueira Ribeiro de. (Orgs). Formação de Professores: elos da dimensão complexa e transdisciplinar. Goiânia: Ed. da PUC/Goiás, 2012.

BEHRENS, Marilda Aparecida. O paradigma emergente e a prática pedagógica. 5ed. Petrópolis: Vozes, 2013.

FREIRE, Paulo. Pedagogia da esperança: um reencontro com a pedagogia do oprimido. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1992.

KUHN. Thomas. A estrutura das revoluções científicas. São Paulo: Perspectiva, 1994.

MIZUKAMI, Maria da Graça Nicoletti. Ensino: as abordagens do processo. São Paulo: EPU, 1986.

MORAES, Maria Cândida. Transdisciplinaridade e educação. Capítulo 3 (p.73-90). In: MAGALHÃES, Solange Martins Oliveira; SOUZA, Ruth Catarina Cerqueira Ribeiro de. (Orgs). Formação de Professores: elos da dimensão complexa e transdisciplinar. Goiânia: Ed. da PUC/Goiás, 2012.

MORIN, Edgar. Os sete saberes necessários à educação do futuro. São Paulo: Cortez: Brasília, D.F. UNESCO, 2000.

MORIN, Edgar. A religação dos saberes. O desafio do século XXI. Rio de Janeiro: Bertrand, 2001.




DOI: https://doi.org/10.5585/dialogia.N31.8712

Direitos autorais 2019 Dialogia

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

Dialogia

ISSN da versão online: 1983-9294
ISSN da versão impressa: 1677-1303
www.revistadialogia.org.br