Americanismo, O novo marco de Ciência, Tecnologia e Inovação: sequestro do fundo público pelo capital financeiro

João dos Reis Silva Júnior, Fabíola Bouth Grello Kato, José Augusto Ewerton

Resumo


Este artigo propõe-se a realizar uma análise sobre o contexto da financeirização da ciência produzida no Brasil potencializada pelo novo Marco Legal de Ciência, Tecnologia e Inovação (Lei nº 13.243/2016). Com a ambiciosa expectativa da desburocratização das atividades de inovação e pesquisa no país, as novas regras legais promovem a aproximação das instituições e centros científicos no intento de impulsionar o investimento em pesquisa. Entretanto, com a ciência globalizada e mercantilizada, o fundo público nacional é sequestrado a fim de manter a hegemonia do capital financeiro. Para tanto, nossas análises se concentram no entendimento das leis regulatórias referentes à CT&I e na reflexão sobre a mercantilização do conhecimento produzido para abastecer a economia mundial.

Palavras-chave


Financiamento em pesquisa. Mercantilização da ciência. Políticas públicas.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/eccos.n47.10757

Direitos autorais 2018 EccoS – Revista Científica



Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

EccoS – Revista Científica
ISSN da versão online: 1983-9278
ISSN da versão impressa: 1517-1949
www.revistaeccos.org.br