Lutas e movimentos pela educação no Brasil a partir de 1970

Maria da Glória Marcondes Gohn

Resumo


Neste trabalho, busca-se apresentar parte dos resultados de uma pesquisa sobre lutas e movimentos pela educação no Brasil de 1970 até a atualidade. Para isso, está construído com foco em duplo movimento. No primeiro, faz-se um mapeamento histórico das lutas e movimentos pela educação, formal e não-formal no Brasil, pós- 1970. No segundo, focaliza-se um dos sujeitos da educação – os profissionais da escola básica, atuando via sindical ou não. Neste artigo, analisa-se uma das várias possibilidades de manifestação de um movimento social – aquela que luta pela educação. No mapeamento histórico das lutas e movimentos pela educação no Brasil, destaca-se principalmente a luta dos professores e de outros profissionais da educação da rede pública ocorrida em São Paulo, a partir de 1970, de acordo com momentos da conjuntura política brasileira.

Palavras-chave


Educação. Lutas pela educação. Movimentos Sociais.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/eccos.v11i1.1535

Direitos autorais



Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

EccoS – Revista Científica
ISSN da versão online: 1983-9278
ISSN da versão impressa: 1517-1949
www.revistaeccos.org.br