História da implantação da Escola de Porto Britânia no contexto da colonização do oeste paranaense (1938-1958)

Rodrigo Pinto Andrade, Cézar De Alencar Arnault de Toledo

Resumo


O objeto desta pesquisa é a Escola de Porto Britânia, uma das primeiras instituições públicas do Extremo Oeste Paranaense, criada no ano de 1938, nas terras da antiga Fazenda Britânia. Trata-se de um estudo histórico e documental sobre a implantação desta escola. Sua realização se deu por meio da análise de documentos que descrevem a trajetória da instituição. A reconstituição da história da implantação da Escola de Porto Britânia permitiu constatar que a instituição resultou do projeto do Governo Federal de difundir o Ensino Primário em todo o país. Sua localização em uma região de fronteiras indica a execução do projeto governamental de nacionalizar essas localidades do território brasileiro. Deste modo, ela atendeu as demandas político-sociais da época. Para a efetivação da pesquisa foram utilizadas as fontes disponíveis no acervo do Museu Willy Barth, de Toledo, Paraná.

Palavras-chave


Educação; História da Educação; Instituições Escolares; Escola de Porto Britânia.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/eccos.n29.3442

Direitos autorais



Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

EccoS – Revista Científica
ISSN da versão online: 1983-9278
ISSN da versão impressa: 1517-1949
www.revistaeccos.org.br