As atividades experimentais no ensino de ciências: construindo caminhos em busca da profissionalização docente

Analice Almeida Lima, Suely Alves Silva, Virgínia Maria Loureiro Xavier, Sandra Rodrigues Souza

Resumo


Este trabalho teve como objetivo analisar as contribuições de uma formação continuada em serviço, planejada por meio da interação entre escola pública e universidade, numa perspectiva de re(construção) de saberes docentes referentes às atividades experimentais no ensino de ciências subsidiando à profissionalização docente. Participaram da formação um grupo de dez professores que lecionavam ciências na rede municipal de Glória do Goitá (PE). A formação continuada consistiu em um momento inicial de aproximação entre formadoras, Secretaria Municipal de Educação e professores com o intuito de resgatar as necessidades para o desenvolvimento profissional do grupo e, assim, propor o processo formativo. Em seguida, houve discussões acerca da importância das atividades experimentais no ensino de ciências numa perspectiva ambiental e oficinas pedagógicas envolvendo atividades experimentais sobre o meio ambiente. Os resultados apontam a relevância das atividades realizadas na (re)construção de saberes relacionados ao conhecimento pedagógico do conteúdo e, dessa forma contribui com a profissionalização docente.

Palavras-chave: Formação Continuada, Ensino de Ciências, Atividades Experimentais, Saberes Docentes.

Palavras-chave


Educação; Ciências Humanas

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/eccos.n33.3479

Direitos autorais



Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

EccoS – Revista Científica
ISSN da versão online: 1983-9278
ISSN da versão impressa: 1517-1949
www.revistaeccos.org.br