Formação de professores em Angola: o perfil do professor do ensino básico

Francisco Caloia Hombo Alfredo, Jussara Cristina Barboza Tortella

Resumo


O texto resulta da pesquisa, apoiada pela CAPES, sobre a avaliação da aprendizagem para formar professores para o ensino básico em Angola na reforma do sistema educativo de 2004. Em abordagem mista, analisou documentos, observações de aula, entrevistas e questionários dirigidos a formadores e formandos. Neste artigo, de carácter teórico, analisa-se o contexto, pressupostos definidores da formação de professores e o perfil do professor formador e formando, tendo como base documentos oficiais utilizados na reforma, articulados ao referencial utilizado. Conclui-se que a formação de professores não se distanciada do contexto sócio-cultural em que ela ocorre. A prática educativa pode refletir a educação e formação que se pretende. Embora a formação de professores evidencie aspectos técnicos em seu processo, ela não se afasta da dimensão política e considera-se fundamental entender e valorizar os vários saberes, sem deixar de garantir uma formação de alto nível.

Palavras-chave


Formação de professores. Perfil do professor. Educação básica

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/eccos.n33.3511

Direitos autorais



Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

EccoS – Revista Científica
ISSN da versão online: 1983-9278
ISSN da versão impressa: 1517-1949
www.revistaeccos.org.br