A construção da cultura inclusiva na escola regular: uma ação articulada pela equipe gestora

Susana Couto Pimentel, Lucinéia Jesus Nascimento

Resumo


A inclusão educacional de pessoas com necessidades educacionais especiais tem sido um desafio para a escola brasileira. De modo geral, os docentes têm sido desafiados a rever suas práticas sem que outros atores da escola sintam-se igualmente comprometidos com o processo da inclusão. Este artigo é resultado de uma pesquisa-ação colaborativa que envolveu docentes e discentes da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia e a equipe gestora de uma escola de ensino fundamental do município de Amargosa-BA. Esta pesquisa contou com o apoio da FAPESB e buscou colaborar para a construção de uma cultura inclusiva que favorecesse a inclusão de pessoas com deficiência na escola parceira. Os resultados apontam para a equipe gestora como articuladora na construção da cultura inclusiva na escola, através do desenvolvimento de ações de apoio às práticas pedagógicas inclusivas, estabelecimento de redes de apoio à inclusão e desenvolvimento de ações educativas que envolvam a comunidade escolar.

Palavras-chave


gestão escolar - cultura inclusiva - inclusão de pessoas com necessidades especiais

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/eccos.n39.3841

Direitos autorais



Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

EccoS – Revista Científica
ISSN da versão online: 1983-9278
ISSN da versão impressa: 1517-1949
www.revistaeccos.org.br