As pesquisas sobre instituições escolares: o método dialético marxista de investigação

Paolo Nosella, Ester Buffa

Resumo


Estudos sobre instituições escolares desenvolveram-se a partir dos anos Hoje representam um tema signifi cativo no âmbito da história, sociologia e filosofia da educação. Realizamos várias investigações sobre essa temática, rastreando as principais instituições escolares da cidade de São Carlos (SP). Obviamente, estudos tão numerosos exigem um balanço crítico para verificar em que medida seus resultados têm contribuído para uma objetiva compreensão da história da escolarização brasileira. Trata-se de pesquisa que apresenta sérios perigos metodológicos, resvalando em freqüentes reducionismos que, infelizmente, constatamos tais como: saudosismo, personalismo, particularismo, culturalismo ornamental, descrição laudatória ou apologética. Com essa preocupação metodológica, elaboramos, em “História e filosofia de instituições escolares: avaliação de uma linha de pesquisa”, um projeto de pesquisa aprovado pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e que ainda está em andamento. O que mais nos interessa é verificar os referenciais teóricos e os procedimentos metodológicos mais utilizados. Nesse sentido, constatamos duas características importantes: a freqüente incoerência entre o referencial teórico proclamado e o efetivamente posto em prática; e o fato de que muitos estudos acabam enfatizando os particulares que compõem a instituição escolar, deixando esmaecida a sociedade que a produz. Para evitar tais lacunas, buscamos aprofundar o método dialético investigativo que descreve o particular à luz do contexto econômico, político, social e cultural.

Palavras-chave


Educação. História. Instituições escolares. Método dialético.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/eccos.v7i2.421

Direitos autorais



Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

EccoS – Revista Científica
ISSN da versão online: 1983-9278
ISSN da versão impressa: 1517-1949
www.revistaeccos.org.br