Extensão: meio de comunicação entre universidade e comunidade

Ester Buffa, Renata Pereira Canales

Resumo


Neste artigo, analisa-se a contribuição da universidade para a comunidade, pelo eixo da extensão, um de seus pilares e por meio do estudo de caso do Centro de Divulgação Científica e Cultural, criado em 1980, pertencente à USP/São Carlos. Este Centro tem projetos educacionais voltados para os alunos do ensino básico, com o intuito de desenvolver o interesse pelas ciências, e distingue-se da visão assistencialista que orienta a maioria dos trabalhos de extensão.Um dos projetos é a Experimentoteca, um laboratório de ciências circulante, com experimentosque são levados às escolas que os solicitam para a prática em sala de aula. As referências teórico-metodológicas são as relações das visões gerais e descrições do singular, além da análise de documentos e fatos, sob a ótica educacional do país.

Palavras-chave


CDCC. Experimentoteca. Extensão universitária. Laboratório de ciências. Universidade.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/eccos.v9i1.492

Direitos autorais



Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

EccoS – Revista Científica
ISSN da versão online: 1983-9278
ISSN da versão impressa: 1517-1949
www.revistaeccos.org.br