Revolução passiva e o papel formativo da filosofia no Ensino Médio

Paolo Nosella, Alessandra Maria Martins Gaidargi

Resumo


Este texto é um estudo em desenvolvimento, um work in progress, em que apresentamos anotações preliminares que serão aprofundadas posteriormente em ensaios. Defendemos que a fecundidade teórica da categoria revolução passiva, que Antonio Gramsci desenvolve nos seus escritos, possibilita análise profunda e crítica da revolução midiática em curso. A primeira parte ilustrará o conceito de revolução passiva em Gramsci; a segunda verterá sobre a revolução passiva na cultura brasileira em geral e, atualmente, sobre a indiscriminada e ampla utilização das mídias pelos jovens estudantes de ensino médio; a terceira defenderá a proposta do ensino da filosofia na escola média como instrumento de reconstrução unitária e responsável da concepção de mundo pelos jovens adolescentes.

Palavras-chave


Ensino Médio. Filosofia. Revolução Passiva.

Texto completo:

PDF

Referências


AZEVEDO, Arthur. O velho Lima. In: NOSELLA, Paolo. Qual compromisso político? Bragança Paulista: EDUSF, 2002.

BACCEGA, Maria Aparecida. Comunicação na educação formal: processo de mudança. In: Revista Comunicação & Educação, São Paulo, mai/ago, 1997.

GAIDARGI. Alessandra M. M. Educação para as mídias no Ensino Médio: perspectivas para o século XXI. 2013. 204 f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Nove de Julho - UNINOVE, São Paulo.

GRAMSCI, Antonio. Quaderni del cárcere. Edição crítica do Instituto Gramsci de Valentino Gerratana. Torino: Einaudi Editora, 1975.

KHAN, Salman. Um mundo, uma escola. Rio de Janeiro: Intrínseca, 2013.

LAMPEDUSA, Giuseppe Tomasi. Il gattopardo. Torino: Einaudi, 1957.

MATEUS, in: Novo Testamento. São Paulo: Editora Herder, 1970.

NOSELLA, Paolo. A escola de Gramsci. São Paulo: Cortez, 2018.

NUNES, Clarice. Ensino médio. Rio de Janeiro: DP&A, 2002.

PASOLINI, Pier Paolo. Petrolio. Milão: Arnoldo Mondadori, 2014.

WEHLING, Arno. A incorporação do Brasil ao mundo moderno. In: STEPHANOU, Maria; BASTOS, Maria Helena Câmara (Org.). Histórias e memórias da educação no Brasil. vol. I - séculos XVI-XVIII. Petrópolis: Editora Vozes, 2005.




DOI: https://doi.org/10.5585/eccos.n47.6020

Direitos autorais 2018 EccoS – Revista Científica



Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

EccoS – Revista Científica
ISSN da versão online: 1983-9278
ISSN da versão impressa: 1517-1949
www.revistaeccos.org.br