Valorização Profissional e Condições de Trabalho Docente no Plano Nacional de Educação 2014-2024

Rosemary Roggero

Resumo


O estudo discute o Plano Nacional de Educação em vigor, sob três aspectos: o que é entendido como valorização profissional, os desafios que a realidade apresenta, e os riscos de retrocesso, tanto na valorização quanto nas condições de trabalho. A argumentação considera o número de docentes disponíveis, o número de docentes necessários e as dificuldades para atrair novas gerações para o magistério no país, elementos que, combinados, põem em xeque a viabilidade das propostas políticas recentes.


Palavras-chave


Valorização Profissional, Condições de Trabalho Docente, Plano Nacional de Educação

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/eccos.n40.6345

Direitos autorais



Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

EccoS – Revista Científica
ISSN da versão online: 1983-9278
ISSN da versão impressa: 1517-1949
www.revistaeccos.org.br