Situando os debates sobre a avaliação da pós-graduação: os estudos do campo pelo campo

Ana Maria da Silva Magalhães, Giselle Cristina Martins Real

Resumo


Assim como os demais níveis de ensino, a pós-graduação stricto sensu no Brasil tem passado por um processo de significativa expansão e, com isso, ampliam-se os estudos e debates acerca da temática, especialmente no que tange ao seu processo de avaliação. Diante disso, o presente estudo objetiva analisar o debate acerca da avaliação da pós-graduação, a partir do mapeamento da produção bibliográfica de artigos publicados em periódicos qualificados, no período de 1999 a 2017. Além de mapear o tema, o presente trabalho busca trazer as principais discussões presentes nesse tipo de produção. O estudo realizado acerca da produção sobre avaliação da pós-graduação permite afirmar que não existe consenso no debate, sendo que as opiniões sobre a sistemática de avaliação divergem, muito embora se verifique a ênfase para a produção intelectual em seus diversos aspectos. Nesse sentido, ‘o campo’, apesar das disputas e dissensos, ainda tem referenciado a performatividade como estratégia de viabilização da qualidade da pós-graduação brasileira.

Palavras-chave


Avaliação. Mapeamento. Pós-Graduação Stricto Sensu.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/eccos.n46.7947

Direitos autorais 2018



Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

EccoS – Revista Científica
ISSN da versão online: 1983-9278
ISSN da versão impressa: 1517-1949
www.revistaeccos.org.br