Metodologia para hierarquizar os critérios e indicadores de desempenho para contratação de operador logístico: estudo de caso no ramo metalúrgico

Geraldo Cardoso Oliveira Neto, José Celso Contador, Fábio Ytoshi Shibao, Oduvaldo Vendrametto

Resumo


O processo de seleção para terceirizar serviços logísticos no Brasil indica baixa sofisticação, comparados com as melhores práticas internacionais. Isso se deve a claros sinais de informalidade no momento de desenvolver os critérios contratuais e avaliar os candidatos. Outro aspecto importante é a participação dos executivos das áreas envolvidas no momento da terceirização, pois ainda se considera a terceirização de operações logísticas como decisão operacional ao invés de estratégico. Assim, foi desenvolvida uma metodologia para definir os critérios contratuais e seus respectivos indicadores de desempenho logístico para a seleção e contratação do operador logístico para o produto de carga seca do ramo metalúrgico. E em específico mostrar-se-á a integração complexa na cadeia de suprimentos entre o operador logístico e a empresa metalúrgica.

Palavras-chave


Terceirização de Serviços Logísticos; Critérios; Indicadores de desempenho; Vantagem competitiva.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/exactaep.v11n3.4266

Direitos autorais



Tempo médio entre a submissão e primeira resposta de avaliação: 120 dias
Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

Exacta – Engenharia de Produção
ISSN da versão eletronica: 1983-9308
ISSN da versão impressa: 1678-5428
http://revistaexacta.org.br