Green Plastics: Analysis of a Firm’s Sustainability Orientation for Innovation

Marcos Paixao Garcez, Flavio Hourneaux Junior, Daniel Farah

Resumo


O objetivo do estudo é avaliar a orientação para a sustentabilidade de um projeto de inovação, fundamentando-se em três aspectos: a importância das dimensões do triple bottom line; os stakeholders envolvidos; e a natureza das competências necessárias para essa inovação. Analisa-se o caso do projeto do plástico verde da Braskem, a maior empresa química do Brasil e da América, e uma das maiores produtoras mundiais de biopolímeros. Assim, definem-se as seguintes proposições: P1: A inovação orientada para a sustentabilidade deve atender critérios ambientais e sociais, além do econômico; P2: A inovação orientada para a sustentabilidade deve atender a critérios multistakeholders, além dos acionistas; e P3: A inovação orientada para a sustentabilidade demanda maior presença de competências se comparado a projetos tradicionais. Os principais resultados apontam a predominância dos indicadores ambientais, a importância da cadeia de valor, e o conhecimento como base para a inovação orientada à sustentabilidade.

Palavras-chave


Sustentabilidade; Inovação; Plásticos verdes.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/geas.v5i3.661

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Revista de Gestão Ambiental e Sustentabilidade



Rev. Gest. Ambient. Sustentabilidade, São Paulo, SP, Brasil. e-ISSN: 2316-9834

Rua Vergueiro, 235/249 - Liberdade, São Paulo - SP (Brasil), Cep: 01504-000

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença 
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional