A Logística Reversa de Pós-Consumo: Um Estudo de Caso na Cooperativa Cootre de Esteio-RS

Ramon Krupp, Rafael Mozart da Silva, Guilherme Bergmann Borges Vieira

Resumo


Percebe-se ao longo dos anos um aumento global na fabricação de produtos customizados, o que tem gerado também um elevado descarte de materiais, ocasionando danos ao meio ambiente. Nesse contexto, a presente pesquisa teve como objetivo identificar as práticas de logística reversa de pós-consumo realizadas por uma cooperativa de reciclagem localizada na cidade de Esteio, no Rio Grande do Sul, Brasil. Para tanto, foi realizada uma pesquisa qualitativa, de abordagem exploratória, operacionalizada mediante um estudo de caso. A partir de entrevistas e observações buscaram-se informações sobre as atividades da cooperativa e o modo como a mesma realiza seus processos. Os resultados indicam que a cooperativa de reciclagem estudada realiza diversas práticas de logística reversa, as quais são essenciais para o fluxo reverso dos materiais.

Palavras-chave


Logística Reversa; Pós-consumo; Cooperativa de Reciclagem; Região Sul do Brasil

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/geas.v6i1.455

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Revista de Gestão Ambiental e Sustentabilidade



Rev. Gest. Ambient. Sustentabilidade, São Paulo, SP, Brasil. e-ISSN: 2316-9834

Rua Vergueiro, 235/249 - Liberdade, São Paulo - SP (Brasil), Cep: 01504-000

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença 
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional