Ambiente e Saúde na Construção Civil: Prática d Modelo Diamante para os Projetos de Sustentabilidade

Chennyfer Dobbins Abi Rached, Ricardo Leonardo Rovai, Marcia de Mello Costa de Liberal

Resumo


Os impactos no ambiente e na saúde, vinculados à Construção Civil, tem sido tema amplamente discutido por vários países, por tudo o que acarreta. Pensando nesta necessidade este trabalho tem como objetivo apresentar uma aplicação prática do Modelo Diamante que é uma das ferramentas do gerenciamento de projetos, na gestão do projeto de demolição sustentável dos edifícios São Vito e Mercúrio. Trata-se de um estudo de caso, que permitiu a equipe de gerenciamento de projeto aplicar novas tecnologias de reciclagem de entulho, transformando-o em agregado de pavimentação, a montagem de uma unidade de processamento localmente (pequena fábrica) que permitiu ganhos significativos de frete e evitou desperdício de matérias na remoção e transporte, além de acelerar o prazo através do replanejamento, bem como conscientizar a equipe da importância sócio ambiental do projeto, dentro outros inúmeros benefícios de caráter social e ambiental.

 


Palavras-chave


Sustentabilidade; Meio Ambiente; Construção Civil.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/geas.v7i3.1506

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Revista de Gestão Ambiental e Sustentabilidade – GeAS



Rev. Gest. Ambient. Sustentabilidade, São Paulo, SP, Brasil. e-ISSN: 2316-9834

Rua Vergueiro, 235/249 - Liberdade, São Paulo - SP (Brasil), Cep: 01504-000