Inundações Urbanas: Uma Questão Socioambiental

Luciana Travassos

Resumo


Investigar a introdução da dimensão ambiental nas políticas públicas e intervenções urbanas é tarefa complexa. Esse artigo busca observar os parâmetros que vêm se estabelecendo em planos e projetos para o manejo das águas pluvial e fluvial em rios urbanos localizados em uma série de cidades, procurando levantar algumas premissas essenciais para as políticas públicas em drenagem urbana no contexto brasileiro. Procura-se entender como os planos lidam com as inundações e com os assentamentos urbanos em áreas inundáveis, e também explorar as ações realizadas antes, durante e depois dos eventos extremos. Pode-se dizer que tratar adequadamente a drenagem passa em primeiro lugar por mudanças institucionais e, paralelamente às ações detalhadas ao longo do artigo, por um investimento de grande monta para possibilitar moradia digna a uma parcela significativa da população, um conjunto importante de ações de cunho socioambiental.


Palavras-chave


Drenagem Urbana; Gestão de Risco; Planejamento Urbano; Políticas Públicas; Intervenções Urbanas

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/geas.v1i1.12

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Revista de Gestão Ambiental e Sustentabilidade



Rev. Gest. Ambient. Sustentabilidade, São Paulo, SP, Brasil. e-ISSN: 2316-9834

Rua Vergueiro, 235/249 - Liberdade, São Paulo - SP (Brasil), Cep: 01504-000

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença 
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional