Análise de Viabilidade Econômica para Sistemas de Tratamento de Resíduos Sólidos Urbanos no Município de Marechal Cândido Rondon – PR

Anderson Giovane Sontag, Igor Kenji Hilahata Cruz, Fernanda Paola Butarelli, Geysler Rogis Flor Bertolini

Resumo


A disposição de resíduos sólidos tem sido um fator crítico na gestão urbana. Os sistemas de tratamento por aterros sanitários predominam, mas novas alternativas têm sido desenvolvidas, respaldadas pela alta tecnologia, porém o investimento financeiro exerce uma forte restrição nessa decisão. Desse modo, é economicamente viável a implantação de um equipamento Alfa em substituição aos aterros sanitários? O objetivo foi levantar os custos com o aterro sanitário e mensurar os custos para implantação de um sistema de tratamento térmico. A metodologia foi uma pesquisa aplicada, exploratória, caracterizada como um estudo de caso na cidade de Marechal Cândido Rondon – Paraná. Os resultados demonstram que a substituição não é economicamente viável, optando-se pela permanência do aterro sanitário. A nova tecnologia possui um grande potencial ambiental e social, essencialmente nas cidades onde o espaço físico é bastante restrito ou de alto custo.



Palavras-chave


Aterro Sanitário, Gestão Pública, Tratamento Térmico.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/geas.v4i3.229

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Revista de Gestão Ambiental e Sustentabilidade



Rev. Gest. Ambient. Sustentabilidade, São Paulo, SP, Brasil. e-ISSN: 2316-9834

Rua Vergueiro, 235/249 - Liberdade, São Paulo - SP (Brasil), Cep: 01504-000

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença 
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional