Logística Reversa de Resíduos da Classe D em Ambiente Hospitalar: Monitoramento e Avaliação da Reciclagem no Hospital Infantil Cândido Fontoura

Maria Antonietta Leitão Zajac, Renata Oliveira Fernandes, Carlos João David, Simone Aquino

Resumo


A segregação adequada dos Resíduos de Serviços de Saúde (RSS) reduz a contaminação dos resíduos comuns, os riscos à saúde ocupacional e permite recuperar os materiais recicláveis. A segregação eficiente depende do treinamento e da conscientização dos colaboradores envolvidos na geração dos RSS. Portanto, o objetivo do presente estudo foi desenvolver um modelo de avaliação, capacitação e mensuração da segregação dos resíduos comuns, em especial do papel reciclável, no setor administrativo do Hospital Cândido Fontoura, localizado na cidade de São Paulo. Foi realizado o acompanhamento da rotina de manejo dos resíduos comuns e do papel reciclável, de junho a outubro (2014). Foi realizada a capacitação por meio de palestras e orientação diária para a sensibilização dos colaboradores sobre a importância do descarte adequado dos resíduos. Os resultados foram obtidos através da segregação e pesagem dos resíduos de papel reciclável e resíduos comuns. Foram consideradas três amostras: antes da sensibilização (Antes); depois da sensibilização (Depois); com monitoramento diário no setor (Acompanhado). O período de avaliação por amostra foi de nove dias (n = 9). Foi aplicado o teste estatístico (análise de variância) Kruskal-Wallis (α < 0,05) para os pesos das amostras, as quais foram consideradas significativamente diferentes (p = 0,0034). A amostra Antes (6,2 ± 2,9 kg) apresentou maior massa. Não houve diferença significativa entre massas das amostras Após (3,0 ± 1,7 kg) e Acompanhado (2,8 ± 1,5 kg), sendo consideradas semelhantes. O montante de papel reciclável evoluiu inversamente ao resíduo comum, de 3,7 ± 0,2 kg (Antes) para 6,7 ± 3,1 kg (Acompanhado), demonstrando a efetividade e correta reciclagem de RSS.

 


Palavras-chave


Resíduos de Serviços de Saúde, reciclagem, resíduo comum, papel reciclável.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/geas.v5i1.326

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Revista de Gestão Ambiental e Sustentabilidade



Rev. Gest. Ambient. Sustentabilidade, São Paulo, SP, Brasil. e-ISSN: 2316-9834

Rua Vergueiro, 235/249 - Liberdade, São Paulo - SP (Brasil), Cep: 01504-000

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença 
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional