A Utilização do Shadow e do Silent Reports Como Instrumentos de Evidenciação das Informações Socioambientais: O Caso da Usina Hidrelétrica de Belo Monte

Rodolfo Rocha Santos, Marcelo Álvaro da Silva Macedo, Alessandra Lima Marques, Leonardo Flach

Resumo


O Shadow (sombra) e o Silent (silencioso) Reports são dois instrumentos sugeridos para a melhoria da divulgação das informações socioambientais. Esta pesquisa tem como objetivo analisar a partir do shadow e silent reports as informações socioambientais divulgadas pela empresa Norte Energia S.A. sobre a construção da Usina Hidrelétrica de Belo Monte na Volta Grande do Xingu. Neste estudo, de característica qualitativa e descritiva, foram coletados e analisados os seguintes dados para a construção dos relatórios sombra e silencioso: o tratamento das contingências socioambientais; a mitigação dos impactos ambientais – o impacto na ictiofauna (peixes) da Volta Grande do Xingu; crescimento populacional do município de Altamira. Constatou-se que houve um tratamento dentro da realidade por parte da Norte Energia S.A., e que as normas brasileiras de contabilidade foram obedecidas quanto ao tratamento das contingências. Há um caráter experimental a respeito dos projetos de mitigação dos impactos ambientais ocasionados na ictiofauna da região. Identificou-se também uma divergência significativa entre o relatório sombra e o relatório silencioso em relação ao crescimento populacional do município de Altamira.

Palavras-chave


Relatório Sombra; Relatório Silencioso; Evidenciação Ambiental.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/geas.v5i2.384

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Revista de Gestão Ambiental e Sustentabilidade



Rev. Gest. Ambient. Sustentabilidade, São Paulo, SP, Brasil. e-ISSN: 2316-9834

Rua Vergueiro, 235/249 - Liberdade, São Paulo - SP (Brasil), Cep: 01504-000

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença 
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional