Revista de Gestão Ambiental e Sustentabilidade – GeAS

Revista GeAS é uma publicação científica interdisciplinar das áreas de Administração e Planejamento Urbano e Regional/Demografia, com a missão de contribuir para a disseminação do conhecimento da Gestão Ambiental e da Sustentabilidade, em suas três dimensões (ambiental, social e econômica). A revista privilegia a divulgação de pesquisas inéditas, artigos teóricos, casos práticos de gestão, relatos técnicos e notas técnicas que possibilitem subsidiar a reflexão acadêmica e a prática profissional sobre iniciativas sustentáveis em organizações privadas, públicas e da sociedade civil.


A convergência de esforços no âmbito das organizações, das pressões da sociedade civil e da implantação de políticas públicas, o desenvolvimento e a utilização de processos sustentáveis marcam a época em que vivemos. A formação e ampliação de conhecimento nessa temática gera benefícios amplos para toda a sociedade, permitindo realizar objetivos ambientais, econômicos e sociais mais equilibrados.

A Revista GeAS adota integralmente as Boas Práticas da Publicação Científica: um manual para autores, revisores, editores e integrantes de Corpos Editoriais - Committee on Publication Ethics (COPE).

Atualmente, a GeAS está indexada nas seguintes bases de dados: Redalyc; Latindex; Proquest; Spell (ANPAD); Ebsco Host; ErihPlus; Gale Cengage Learning; Redib; Livre; Dialnet; Emerging Sources Citation Index – Web of Science (Thomson Reuters) e Directory of Open Access Journals (DOAJ). Estes indexadores (Clique aqui e veja as Fontes de Indexaçãonacionais e internacionais têm como objetivo promover a divulgação e visibilidade dos artigos publicados pela revista.

 

As submissões de artigos científicos e relatos técnicos poderão ser feitas conforme as linhas editoriais descritas a seguir:

1. Gerenciamento Ambiental

Esta linha de submissão fomenta os estudos sobre elementos técnicos relevantes para a concepção de ações destinadas a mitigar problemas ambientais reais e potenciais causados pelas atividades das organizações. Busca o uso mais eficiente dos recursos disponíveis e avalia as externalidades resultantes da produção de bens ou serviços. Preocupa-se com a prática profissional voltada para a sustentabilidade em operações. 

2. Gestão da Sustentabilidade

Esta linha de submissão procura estabelecer uma melhor compreensão das demandas e condicionantes que definem as relações de responsabilidade ambiental entre a sociedade civil, organizações públicas e privadas. Busca aprimorar o entendimento das normas legais e promover a adoção de práticas sustentáveis. Investiga como a governança pública expressa os interesses da sociedade, levando à formulação de políticas ambientais

3. Eficiência Energética

Esta linha de submissão busca trabalhos que abordem diretrizes de fornecimento de energia para as cidades, incluindo perspectivas para energias renováveis em suas várias modalidades, a racionalização do uso da energia elétrica e da energia fóssil, e do reaproveitamento de resíduos. Busca-se a fronteira do conhecimento dos pontos de vista da modelagem do funcionamento das cidades e das interações entre seus elementos, do desenvolvimento  tecnológico e do desenvolvimento de políticas para incentivo de novos padrões de produção e consumo.

4. Mobilidade Urbana

Esta linha de submissão fomenta estudos nos seguintes temas: infraestrutura urbana; transportes urbanos; dinâmica / mobilidade urbana, e sociedade em redes. Busca o aprimoramento de politicas públicas e de planejamento, que tenham em perspectiva a construção de um novo paradigma de mobilidade urbana, em consonância com os princípios do desenvolvimento sustentável.

5. Construções Sustentáveis

Essa linha de submissão busca por trabalhos de pesquisa que tenham por objeto o estudo de ferramentas de gerenciamento e inovações tecnológicas que garantam a mitigação dos impactos ambientais causados pelas obras de Construção Civil,  de forma a contribuir de para a inserção da preocupação ambiental no setor da Construção Civil e nos constituintes de sua cadeia produtiva.

Classificação CAPES/QUALIS: B2 (Administração)


v. 7, n. 3 (2018): Setembro/Dezembro

Sumário

Editorial

Claudia Terezinha Kniess, Mauro Silva Ruiz
PDF
I-V

Artigos

Solange Drews Aguiar Mengue, Katia Denise Moreira, Juliana Cidrack Freirwe do Vale, Cibele Barsalini Martins
PDF
378-393
Thiago Variz de Miranda, Ana Lucia Torres Seroa Da Motta, Ana Clara Lopes Pereira, Daniel de Carvalho Ramos
PDF
394-403
Carlos Eduardo de Lima, Érik Álvaro Fernandes, Saulo Fabiano Amâncio-Vieira
PDF
404-420
Ana Claudia da Rosa, Lucia Rejane da Rosa Gama Madruga, Vania de Fátima Barros Estivalete, Suelen Geíse Telocken
PDF
421-436
Lauro César Nogueira, Gabriel Ferreira da Silva, Bianca Alencar Vieira, Adriano David Monteiro de Barros
PDF
437-450
Carlos Henrique Távora Pereira, Minelle E. Silva
PDF
451-468
Sarah Corrêa Bento, Diego de Melo Conti, Rodrigo Martins Baptista, Carlos Nabil Ghobril
PDF
469-488
Ricardo de Arruda Mauro, Janaina Florinda Ferri Cintrão, José Eduardo Melhen, Edmundo Alves de Oliveira
PDF
489-506
Chennyfer Dobbins Abi Rached, Ricardo Leonardo Rovai, Marcia de Mello Costa de Liberal
PDF
507-519
Elen Lima de Oliveira, Viviane Japiassú Viana, Antony Barbosa Castañon
PDF
520-538
Rodrigo André Klamt, Priscilla Rodrigues Fontoura, Jaelson Budny, Fladimir Fernandes dos Santos
PDF
539-553
Lourdes Teresinha Kist, Fernanda Raquel da Rosa, Jorge André Ribas Moraes, Ênio Leandro Machado
PDF
554-569