Gestão de projetos públicos no Governo Estadual do Rio Grande do Norte: análise de escritórios de projetos e contratos de gestão

Jéssica Morais de Moura, Anna Cláudia dos Santos Nobre, Gustavo Maurício Filgueiras Nogueira

Resumo


Uma das alternativas que vem sendo adotada pelos governos estaduais brasileiros na busca de alternativas para enfrentar a crise e otimizar seus processos de planejamento, monitoramento e avaliação, é a instituição de modelos baseados em gestão de projetos com foco no cumprimento de metas. Nesse contexto, este artigo tem como objetivo analisar o modelo adotado pelo Governo do Estado do Rio Grande do Norte, relatando a experiência na implantação de Escritórios de Projetos e na celebração de Contratos de Gestão para pactuação de metas. Adota-se a abordagem metodológica do estudo de caso, apresentando os resultados de levantamento com Escritórios Setoriais de Projeto do RN, que obteve a percepção de quarenta e seis respondentes acerca da implementação desse novo modelo de gestão para resultados no RN. Além disso, foram realizadas análises qualitativas com a equipe do Escritório Central de Projeto, sistematizando a atuação durante o exercício 2017. Os resultados dos dados apontam elementos importantes a serem seguidos na implementação de uma rotina de monitoramento estratégico e na atuação dos Escritórios de Projetos, constituindo-se num banco de lições aprendidas para os entes governamentais que buscam melhorar as suas entregas e gerar valor público.


Palavras-chave


Gestão de Projetos; Escritórios de Projetos; Contratos de Gestão; Gestão Pública.

Texto completo:

PDF

Referências


ADRIANO, E. R., FALCÃO, L. H. B. NEGRO, L. D., & ZAIA, D. (2013). Projeto de diagnóstico e melhoria do gerenciamento de contratos de gestão com organizações sociais de saúde no estado de São Paulo. VI Congresso Consad de Gestão Pública, Brasília. Disponível em . Acesso em fev2018.

ASSIS, M.C. & GARCIA, R.C. (2017). Escritório de projetos – de prática adormecida à iniciativa inovadora: o caso da secretaria de estado e gestão e recursos humanos. X Congresso Consad de Gestão Pública, Brasília. Disponível em . Acesso em fev2018.

BATISTA, P.B., JARDIM, D.O.P., BRAGA, F.M.S.A., & SOUZA, W.K.A. (2013). Mudança organizacional na administração pública mineira: uma análise da transição entre o programa estado para resultados e escritório de prioridades estratégicas. VI Congresso Consad de Gestão Pública, Brasília. Disponível em . Acesso em fev2018.

BRAGA, F.M.S.A., BARRENCE, A.V.S., & ARAÚJO, F.D. (2013). A experiência mineira com uma unidade de entrega: um estudo de caso da parceria do escritório de prioridades estratégicas com a secretaria de estado de educação. VI Congresso Consad de Gestão Pública, Brasília. Disponível em . Acesso em fev2018.

DUARTE, T.S.B., TRUCCO, M.B., FIORE, D.C., & NASCIMENTO, A.O. (2013). Balanço do diagnóstico do gerenciamento dos contratos de gestão com OSS no estado de São Paulo e propostas para o seu aprimoramento. VI Congresso Consad de Gestão Pública, Brasília. Disponível em . Acesso em fev2018.

FLICK, Uwe. (2009). Introdução à pesquisa qualitativa. 3ª ed. Tradução Joice Elias Costa. Porto Alegre: Artmed.

GUIMARÃES, T.B., CAMPOS, S.P.A. (2009). Programa estado para resultados: balanço da implementação de um escritório de apoio à gestão estratégica e gestão por resultados em Minas Gerais. II Congresso Consad de Gestão Pública, Brasília. Disponível em . Acesso em fev2018.

MELO, M.R. (2017). Promovendo a intersetorialidade em ações públicas: a experiência do escritório de projetos especiais do governo de Brasília. X Congresso Consad de Gestão Pública, Brasília. Disponível em . Acesso em fev2018.

MESKO, V.C.B., OLIVEIRA, R.C.F., NOGUEIRA, G.M.F., & NOBRE, A.C.S. (2017). Desafios na implantação de um escritório de projetos público em momento de crise: estudo de caso do Rio Grande do Norte. X Congresso Consad de Gestão Pública, Brasília. Disponível em . Acesso em fev2018.

MOURA, J. M., NOGUEIRA, G.M.F., PEREIRA, H. E. A., & FARIA, T. D. B. (2017). Governança Inovadora: o processo de implantação do Painel de Monitoramento do Governo do Rio Grande do Norte. X Congresso Consad de Gestão Pública, Brasília. Disponível em . Acesso em fev2018.

NOGUEIRA, G., MARINI, C. (2016). Governança inovadora em ação: a experiência do Rio Grande do Norte, Brasil. Anais do XXI Congreso Internacional del CLAD sobre la Reforma del Estado y de la Administración Pública, Santiago, Chile, 8 - 11 nov.

PERDICARIS, P.R. (2012). Contratualização de resultados e desempenho no setor público: a experiência do contrato programa nos hospitais da administração direta no estado de São Paulo. V Congresso Consad de Gestão Pública, Brasília. Disponível em . Acesso em fev2018.

PESTANA, C.V.S., & VALENTE, G.V.P. (2010). Gerenciamento de projetos na administração pública: da implantação do escritório de projetos à gestão de portfólio na secretaria de estado de gestão e recursos humanos do Espírito Santo. III Congresso Consad de Gestão Pública, Brasília. Disponível em . Acesso em fev2018.

PINTO, A.M.A., & SILVEIRA E SILVA, W. (2009). A utilização de escritórios de gerenciamento de projetos na gestão da administração pública. um estudo de caso: governo do estado do Rio de Janeiro. II Congresso Consad de Gestão Pública, Brasília. Disponível em . Acesso em fev2018.

Project Management Institute – PMI. (2008). Um guia do conjunto de conhecimentos em gerenciamento de projetos (Guia PMBOK). 4. Ed. Pensilvânia.

PROSDOCIMI, D.O.B., & MARX, S. (2010). Escritório de projetos de infraestrutura: planejamento de políticas públicas de longo prazo. III Congresso Consad de Gestão Pública, Brasília. Disponível em . Acesso em fev2018.

REIS, E., MELO, P., ANDRADE, R., & CALAPEZ, T. (2015). Estatística Aplicada – Vol. 1. Edições Sílabo, Ltda. 1ª Edição, Lisboa, 1997. 6ª Ed. – Lisboa.

ROCHA, G. C. V., & SILVEIRA, M. C. (2015). Fatores críticos de sucesso na gestão dos processos estratégicos do Governo de Minas Gerais. VIII Congresso Consad de Gestão Pública, Brasília. Disponível em < http://www.sgc.goias.gov.br/upload/arquivos/2016-04/073.pdf>. Acesso em fev2018.

SAMPIERI, R. H., COLLADO, C. F., & LUCIO, M. P. B. (2013). Metodologia de Pesquisa. 5ª edição. McGraw-Hill.

VIANA, K.C.A. (2010). As organizações sociais no âmbito do governo do estado do Ceará: celebração, acompanhamento e fiscalização dos contratos de gestão. III Congresso Consad de Gestão Pública, Brasília. Disponível em . Acesso em fev2018.

WEGENAST, T. A., JÚNIOR, A., & TREVENZOLI, M. R. (2017). Práticas e metodologias de Gestão para Resultados - análise de Benchmarking. X Congresso Consad de Gestão Pública, Brasília. Disponível em . Acesso em fev2018.

YIN, R. K. (2009). Case study research: Design and methods (4th Ed.). Thousand Oaks, CA: Sage.




DOI: https://doi.org/10.5585/gep.v9i3.10965

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Jéssica Morais de Moura, Anna Cláudia dos Santos Nobre, Gustavo Maurício Filgueiras Nogueira



Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

GeP – Revista Gestão e Projetos
ISSN da versão eletronica: 2236-0972
http://www.revistagep.org