Governança em Projetos – estudo de caso das ações de desenvolvimento econômico do Projeto INOVAMFRI

Jeferson Kerbes, Ovídio Felippe Pereira da Silva Junior

Resumo


Impulsionadas pelo novo pensamento de desenvolvimento econômico e pela retração da atividade econômica, as regiões no interior dos países vêm mostrando um movimento de endogeneização (Amaral Filho, 2009), onde a organização territorial passa a exercer um papel ativo diante da organização industrial. Neste contexto, o projeto INOVAMFRI, desenvolvido na Associação dos Municípios da Foz do Rio Itajaí (AMFRI), concentrou esforços em técnicas adotadas para respaldar o crescimento regional, atuando no desenvolvimento econômico e na mobilidade urbana regional, bem como fortalecendo a qualificação da gestão pública. Estas técnicas buscaram oferecer condições para atrair ao Estado a instalação de empresas comprometidas com o desenvolvimento econômico sustentável e promover a geração de empregos de qualidade e melhoria na qualidade de vida do cidadão. Portanto, nesta pesquisa buscou-se estudar a metodologia utilizada, que garantiu o sucesso do projeto INOVAMFRI e a qualidade de suas entregas. A análise deste estudo de caso se deu seguindo uma abordagem qualitativa de forma explicativa, que para isso fez-se o uso de observação participante e o uso de pesquisa documental e bibliográficas relacionadas aos documentos do projeto e à gestão e governanças de projetos, bem como do projeto INOVAMFRI e desenvolvimento econômico. Este artigo contempla a metodologia utilizada para a gestão do projeto, a governança utilizada e os resultados obtidos por meio dela. Estes resultados referem-se à identificação das ações respectivas a cada eixo e o escopo e requisitos para cada uma destas ações, bem como a gestão dos terceiros e tomada de decisões durante o desenvolvimento do projeto. Desta forma, foi a governança que induziu a integração entre as etapas de todas as ações e garantiu a qualidade das entregas de acordo com o plano de gerenciamento do projeto. O projeto INOVAMFRI foi um dos primeiros passos realizados para a construção de uma região economicamente forte e sustentável e pode servir como referência para projetos com natureza similar.


Palavras-chave


Projeto INOVAMFRI; Governança em projetos; Desenvolvimento econômico.

Texto completo:

PDF

Referências


AMFRI (2018). Associação dos municípios da foz do rio Itajaí. Recuperado em 21 de julho, 2018 de http://www.amfri.org.br.

Amaral Filho, J. do. (2009). A endogeneização no desenvolvimento econômico regional e local. Planejamento e políticas públicas, (23).

Andrade, M. C. de. (1987). Espaço, Polarização & Desenvolvimento. Uma introdução à economia regional. São Paulo: Atlas.

Dinsmore, P. C. (2003). Transformando estratégias empresariais em resultados através da gerência pop projeto. Campos, RJ.

Freire, J. D. S., Soares, C., Pinhe, M. D. F., de Oliveira, F. F., Biscola, P., & Tanure, J. (2017). Programa de Desenvolvimento de Gestores Líderes - um caso prático de gestão de pessoas da Embrapa Gado de Corte. Embrapa Gado de Corte-Documentos (INFOTECA-E).

Gil, A. C. (2007). Como elaborar projetos de pesquisa. 4. ed. São Paulo: Atlas.

Heldman, K. (2006). Gerência de projetos: guia para o exame oficial do PMI. Gulf Professional Publishing.

IBGE (2010). Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, 2010. Recuperado em 21 de julho, 2018 de http://www.ibge.gov.br/home/default.php.

Inovamfri (2018). Desenvolvimento econômico – Plano diretor. Recuperado em 21 de julho, 2018 de www.amfri.org.br/cms/pagina/ver/codMapaItem/92672.

Jones, A. (2008). The innovation acid test.

Kerbes, J. Silva Jr, O. F. P. da. & Rech, P. J. (2017). Governança em projetos – Estudo de caso do Projeto INOVAMFRI. Conbrepro.

Kerzner, H. (2002). Gestão de Projetos: as melhores práticas. Trad. Marco Antonio Viana Borges, Marcelo Klippel e Gustavo Severo de Borba.

Kerzner, H. (2016). Gestão de Projetos: As Melhores Práticas. Bookman Editora.

Marconi, M. D. A., & Lakatos, E. M. (2004). Metodologia científica (Vol. 4). São Paulo: Atlas.

Merriam, S. B. (1998). Qualitative Research and Case Study Applications in Education. Revised and Expanded from” Case Study Research in Education.”. Jossey-Bass Publishers, 350 Sansome St, San Francisco, CA 94104.

Montes, E. (2017). Comitê de Projetos. Recuperado em 21 de julho, 2018 de https://escritoriodeprojetos.com.br/comite-de-projetos.

Peters, B. G. (2013). O que é Governança?. Revista do TCU, (127), 28-33.

PMI. Project Management Institute, Inc (2017). Um guia do conhecimento em gerenciamento de projetos (Guia PMBOK®). Sexta Edição.

Porter, M. (2004). Estratégia competitiva. Elsevier Brasil.

SÁ-SILVA, J. R., ALMEIDA, C. D. & GUINDANI, J.F. (2009) Pesquisa Documental: Pistas Teóricas e Metodológicas. Revista Brasileira de História & Ciências Sociais, Ano I, Número I, ISSN: 2175-3423

Sachs, I. (2004). Desenvolvimento includente, sustentável, sustentado. Editora Garamond.

Siedschlag, D., Junior, O. F. P. D. S., & Alves, C. S. R. (2016). A Contribuição do Escritório de Gestão de Projetos–EGP na Gestão Estratégica de uma Universidade Comunitária. Revista de Gestão e Projetos-GeP, 7(3), 01-19.

Sorgi, F. A. (2009). Desenvolvimento econômico regional. UFP.

Souza, N. D. J. de. (1994). Desenvolvimento econômico. Revista de Economia Política, 14(2), 54.

Valeriano, D. L. (2005). Gerenciamento estratégico e administração por projetos. Makron.

Vanni, R. M. P. (2005). Governança de TI na Universidade de São Paulo. São Paulo: USP.

Vargas, R. V. (2005). Gerenciamento de Projetos (6a edição). Brasport.

Vieira, A. N. C. (2017). Teoria do desenvolvimento econômico. Recuperado em 28 de julho, 2018 de https://andersonvieiranunes.jusbrasil.com.br/artigos/447763946/teoria-do-desenvolvimento-economico.

Vieira, E. T., & Santos, M. J. (2012). Desenvolvimento econômico regional–uma revisão histórica e teórica. Revista Brasileira de Gestão e Desenvolvimento Regional, 8(2).

Willers, E. (2006). Estratégia de desenvolvimento econômico local: o caso do município de Terra Roxa-PR. 200 f. Dissertação de Mestrado em Desenvolvimento Regional e Agronegócio – Universidade Estadual do Oeste do Paraná).

YIN, R. K. (2015). Estudo de Caso-: Planejamento e Métodos. Bookman editora.




DOI: https://doi.org/10.5585/gep.v10i1.10997

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Jeferson Kerbes, Ovídio Felippe Pereira da Silva Junior

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

GeP – Revista Gestão e Projetos
ISSN da versão eletronica: 2236-0972
http://www.revistagep.org