Trajetória da Economia da Saúde no Brasil

Antonio Carlos Coelho Campino

Resumo


O presente artigo apresenta um panorama da Economia da Saúde no Brasil com a descrição do início de sua trajetória e interferência dos estudos econômicos internacionais nos serviços de saúde. As organizações internacionais exercem influência no caminho e propostas de análises econômicas no Brasil com publicações que norteiam metodologias, além dos bancos de desenvolvimento que integram a rede nessa área com a preocupação não somente do financiamento, mas também da alocação de recursos e avaliação de programas de saúde. O tema desperta interesse da comunidade acadêmica e nesse contexto são apresentados os cursos e uma reflexão sobre a produção científica sobre economia da saúde e a consideração dessas informações na proposta de uma agenda de pesquisa no assunto.

Palavras-chave


Economia da Saúde; Saúde no Brasil; Gestão de Serviços de Saúde

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/rgss.v6i1.325

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Revista de Gestão em Sistemas de Saúde – RGSS

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

Rev. Gest. Sist. Saúde
e-ISSN: 2316-3712
www.revistargss.org.br