Variabilidade da frequência cardíaca em pacientes com dor lombar: uma revisão sistemática.

Jadna Luana da Silva Sampaio, Suelene Ferreira da Silva, Aldair Darlan Santos de Araújo, Daniela Bassi, Almir Vieira Dibai Filho, Vinicius Minatel

Resumo


Introdução: A lombalgia se caracteriza como uma dor de origem multifatorial que pode resultar em alterações no sistema nervoso autônomo. Estas alterações são identificadas pelo aumento da modulação simpática cardíaca levando a diminuição da variabilidade da frequência cardíaca (VFC). Objetivo: Realizar uma revisão literatura acerca do uso da VFC em pacientes com lombalgia. Métodos: A busca sistemática desse estudo foi conduzida através das bases de dados LILACS, PubMED, CINAHL e SciELO. Resultados: Foram incluídos na revisão apenas dez estudos que mostravam a relação entre a lombalgia e as respostas dos índices da VFC. Destes, sete estudos relatam melhora/relação dos índices da VFC com a lombalgia e outros estudos não mostram alteração das respostas. Conclusão: Existem poucas evidências apresentando a relação entre a lombalgia e as respostas dos índices da VFC na literatura. Além disso, os resultados se mostram inconclusivos, fato este que dificulta afirmar se há relação ou melhora dos índices da VFC após intervenção em pacientes com lombalgia.


Palavras-chave


Frequência cardíaca; Lombalgia; Sistema nervoso autônomo; Dor.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/conssaude.v17n2.8124

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

Conscientiae Saúde
ISSN da versão impressa: 1677-1028
ISSN da versão online: 1983-9324
www.conscientiaesaude.org.br
conscientiaesaude@uninove.br