Avaliação de crianças atendidas em follow-up: perfil epidemiológico e motor

Mayara Cruz Vargas, Ayrles Silva Gonçalves Barbosa Mendonça, Aléxia Gabriela da Silva Vieira, Ana Beatriz da Costa Lameira, Nely Sampaio Guinther, Tiótrefis Gomes Fernandes, Ana Paula Guimarães Dias Corrêa, Marcos Giovanni Santos Carvalho, Roberta Lins Gonçalves

Resumo


Introdução: Crianças prematuras tendem a apresentar atrasos no desenvolvimento neuropsicomotor devido à imaturidade e à propensão de lesões no sistema nervoso central. Objetivo: Descrever o perfil epidemiológico e motor de crianças atendidas no follow-up da Maternidade Balbina Mestrinho (MBM) em Manaus/AM, verificando a associação entre diferentes fatores socioambientais e clínicos com o desenvolvimento motor (DM). Métodos: Foram avaliadas 25 crianças acompanhadas no follow-up da MBM, por meio da Escala Motora Infantil de Alberta e aplicação de questionário estruturado contendo dados clínicos e epidemiológicos. Resultados: Foi detectado que todas as crianças eram prematuras e 44% apresentaram atipicidade no DM, relacionada principalmente a idade corrigida (p=0,015) e ao grau de escolaridade materna (p=0,019). Conclusão: O elevado índice de atipicidade no DM pode estar associado ao perfil amostral, cuja prematuridade infere em fragilidade de seus sistemas. Assim, sugere-se que maiores investigações sejam realizadas, a fim de relacionar outros fatores com o DM.


Palavras-chave


Desenvolvimento infantil; Recém-nascido; Prematuridade.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/conssaude.v17n4.8532

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 ConScientiae Saúde



Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

Conscientiae Saúde
ISSN da versão impressa: 1677-1028
ISSN da versão online: 1983-9324
www.conscientiaesaude.org.br