Código Ético de Conduta

1. Deveres e responsabilidades gerais dos Editores

Os editores serão, em última  instância, responsáveis pelos artigos publicados na ConScientiae Saúde

Na sua atividade, cabe aos editores:

• atender às necessidades dos leitores e dos autores que nela publicam;

• reunir esforços para contribuir para melhoraria e qualidade da revista;

• garantir a qualidade científica dos artigos que são publicados;

• garantir, permanentemente, a liberdade de expressão;

• impedir que as necessidades empresariais comprometam os padrões éticos da revista;

• impedir desvios no que se refere aos padrões intelectuais;

• quando necessário, os editores estarão dispostos a publicar correções, esclarecimentos, retratações e apresentar pedidos de desculpa aos autores e ou aos leitores. 

2. Relações com os leitores

Sempre que alguma pesquisa publicada tenha sido financiada por alguma instituição ou agência de fomento a ConScientiae Saúde, tornará público aos seus leitores as origens dos financiamentos.

3. Relações com autores

Os editores tomarão todas as medidas razoáveis para garantir a qualidade dos artigos ou outro material que publicam, tendo em consideração os objetivos e padrões das seções que constituem a revista.

As decisões dos editores no que diz respeito à aceitação ou rejeição de um artigo para publicação serão baseadas na  sua originalidade, relevância, clareza, e enquadramento no escopo da revista.

O processo de revisão por pares consta das  normas de publicação de artigos e os editores estarão sempre dispostos a justificar qualquer desvio que possa surgir relativamente aos processos de revisão descritos nas normas.

Os autores dos artigos, submetidos à ConScientiae Saúde, poderão, sempre que o entenderem, manifestar-se contra as decisões editoriais, em carta dirigida aos editores. Os editores responderão, obrigatória e justificadamente às solicitações dos autores.

Os editores devem divulgar orientações aos autores no que diz respeito à originalidade  do material a publicar, tal como as normas que deverão seguir para a submissão dos seus artigos.

As orientações aos autores serão atualizadas com regularidade e, necessariamente, estarão vinculadas ao presente código ético de conduta.

Os editores não tomarão a decisão de publicar artigos cuja avaliação por pares tenha sido negativa;

No caso de alteração de editores da ConScientiae Saúde, a política editorial não se alterará, a não ser que sejam identificados erros cometidos pelos editores anteriores.

4. Relações com os revisores

Os editores publicarão orientações aos colaboradores no que diz respeito às normas seguidas pela revista, à revisão por pares e à sua responsabilidade científica tendo em vista a manutenção da qualidade académica dos artigos a publicar. Estas orientações serão atualizadas regularmente e estarão, necessariamente, vinculadas a este código.

Os editores garantem o sigilo em relação à identidade dos revisores e dos autores dos artigos a não ser que o sistema de revisão possa, em determinados casos, ser aberto, o que será comunicado aos autores e revisores.

5. O processo de revisão por pares

Os editores garantem a confidencialidade  do material enviado para publicação na ConScientiae Saúde, durante o processo de análise pelos revisores.

6. Reclamações

Os editores garantem que todos os autores têm direito a apresentar as suas reclamações aos editores, sempre que o julguem necessário e oportuno.

Os editores responderão, prontamente, às reclamações e garantirão o direito de resposta aos autores. O processo de reclamação será efetuado por carta dirigida aos editores e os autores poderão exigir a reavaliação dos seus artigos no caso de discordância relativamente ao resultado da primeira avaliação.

7. Incentivo ao  debate

A ConScientiae Saúde, privilegia o debate democrático e, por isso, garante a possibilidade de crítica em relação aos trabalhos publicados. Compete aos editores decidir se as críticas apresentadas são ajustadas, fundamentadas e convincentes.

Os autores terão a oportunidade de responder às críticas respeitantes ao seus artigos.

8. Incentivo à Integridade acadêmica  

Os editores garantem que o material de pesquisa publicado está em conformidade com as diretrizes éticas internacionalmente aceitas. Garantem, também, que as pesquisas que envolvam seres humanos só serão publicadas após um parecer favorável do comité de ética da Universidade Nove de Julho (UNINOVE).

9. Proteção de dados individuais

Os editores garantem a proteção da confidencialidade da informação individual. Não divulgarão a identidade dos participantes da pesquisa, bem como dados pessoais, ou que possam identifica-los. Será exigido dos autores a garantia de que os sujeitos de pesquisa assinaram o Termo de Consentimento Livre e Esclarecido (TCLE), aceitando participar do estudo, tendo a liberdade de desistir se assim o quiser.

10. Procedimentos relativos a condutas antiéticas

Os editores seguem as normas internacionais relativas aos trabalhos plagiados. Rejeitam, em absoluto, todas as formas de plágio e só publicarão artigos com a garantia, por parte dos autores, da originalidade dos seus trabalhos.

Os editores estarão atentos aos processos de autoplágio e farão, sempre que julguem oportuno, recomendações aos autores, uma vez que a ConScientiae Saúde, checa todos os artigos por meio de uma ferramenta específica de detecção de plágio e/ou autoplágio - CopySpider.

No caso de algum autor apresentar à ConScientiae Saúde, um trabalho total ou parcialmente plagiado, ser-lhe-á vedado, definitivamente, o acesso à possibilidade de publicação.  Esta diretiva será, obrigatoriamente, transmitida aos autores e ser-lhes-á garantido o direito de resposta.

Os editores farão todos os esforços para garantir que as pesquisas publicadas foram conduzidas de acordo com as normas éticas de pesquisa científica definidas pelos organismos internacionais.

11. Garantia de integridade do registro acadêmico

Os editores garantem que, no caso de publicação de trabalhos com imprecisões significativas ou afirmações distorcidas ou enganosas, procederão à sua correção dando-lhe o destaque adequado tendo em vista a reposição do rigor e verdade científicos e por respeito aos leitores da revista.

Os editores garantem que transmitirão às redes em que a ConScientiae Saúde, esteja indexada todas as informações relativas a trabalhos que, eventualmente, possam ter sido publicados com imprecisões ou afirmações distorcidas ou enganosas.

A ConScientiae Saúde, seguirá as suas normas e política editoriais não se desviando dos seus objetivos prioritários: divulgar os resultados das investigações científicas na área da avaliação e reabilitação com abrangência interdisciplinar, ancorada em critérios metodológicos na atenção à saúde.

12. Independência editorial

Os editores da ConScientiae Saúde regem-se pelos princípios de democraticidade, garantindo a divulgação de trabalhos científicos baseados no rigor, qualidade científica e originalidade, independentemente das opções políticas e ideológicas dos seus autores. Os editores seguirão e cumprirão o princípio de independência editorial.

13. Relações dos Editores com o Conselho Editorial

O Conselho Editorial da ConScientiae Saúde, é constituído por membros de reconhecido mérito académico, pertencentes a instituições de educação superior nacionais e internacionais. Neste sentido, os editores garantem que procederão à consulta do conselho editorial e terão em consideração as suas críticas, comentários e propostas, tendo em vista a melhoria da qualidade científica da revista. Esta consulta será feita anualmente.

14. Conflitos de interesses

Os conflitos que, eventualmente, possam surgir entre editores, autores, revisores e leitores e que não possam ser solucionados, apenas, com a intervenção dos editores, serão solucionados, por uma comissão que terá a participação do Diretor do Programa de Pós Graduação em Ciências da Reabilitação ao qual pertence a revista. Esta comissão, após avaliação e decisão, elaborará uma resposta que será transmitida aos interessados.

15. Cumprimento do Código de Ética

Os Editores farão todos os esforços no sentido do cumprimento do presente código de ética que, após a sua publicitação, entrará imediatamente em vigor.

Deveres do Publisher

 Estamos empenhados em garantir que a obtenção de verbas de publicidade, reimpressão ou outra receita comercial não tem qualquer impacto ou influência sobre as decisões editoriais.

Os nossos artigos são revisados para garantir a qualidade das publicações científicas e também somos usuários dp CopySpider (software para identificação de plágio).

Esta Política de Ética é baseada em recomendações do COPE Diretrizes de Melhores Práticas para Editores de Revistas

* This statement is based on COPE's recommendations Best Practice Guidelines for Journal Editors