O Estado federal como modelo matricial de organização política

Leonam Baesso da Silva Liziero

Resumo


O presente artigo tem como objetivo analisar a teoria de Daniel Elazar sobre a estruturação do Estado federal enquanto modelo matricial de organização política. Realizar-se-á, inicialmente, uma análise semântica do termo “federal”, essencial para a compreensão da essência valorativa que fundamenta tal forma de Estado. Em seguida, passa-se ao estudo das categorias propostas por Elazar, em especial ao modelo matricial que se estrutura por células em um mesmo quadro, como uma matriz matemática na qual os diversos núcleos de poder se comunicam. Finalmente, verificar-se-á o Estado federal no mundo contemporâneo e como a teoria de Elazar pode servir de parâmetro para a análise desta forma de Estado.


Palavras-chave


Estado federal; Modelo matricial; Daniel Elazar; Federalismo; Federação.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/rtj.v7i2.739

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Leonam Baesso da Silva Liziero



Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

Revista Thesis Juris
ISSN da versão eletronica: 2317-3580
http://revistartj.org.br