Suit model canvas: modelo visual de gestão de projetos para escritórios de advocacia

Maycon Barreto Lopes, Simone Vasconcelos Silva

Resumo


Métodos visuais para gerenciamento de projetos buscam substituir o excesso de texto por elementos visuais que sintetizam o essencial para o projeto, proporcionando agilidade, dinamismo, melhoria na comunicação, entre outros benefícios. Este trabalho propõe um modelo visual de gestão de projetos para escritórios de advocacia aplicado ao planejamento de casos jurídicos (suits). A metodologia utilizada foi dividida em quatro etapas, onde a primeira apresenta uma revisão bibliográfica dos métodos visuais para gestão de projetos com ênfase no Project Model Canvas (PMC), assim como trabalhos relacionados. A segunda etapa aborda o desenvolvimento do modelo visual para planejamento de casos jurídicos, denominado Suit Model Canvas (SMC), a partir do mapeamento dos elementos indispensáveis ao planejamento destes casos em relação aos componentes do PMC, e seguindo com a elaboração visual do modelo. A terceira etapa propõe a aplicação do modelo num caso real, e a última etapa propõe a validação do modelo por meio de pesquisas com profissionais da área jurídica. Como resultado obteve-se o modelo proposto validado por uma amostra de 39 advogados, os quais demonstraram uma grande aceitação do modelo, pois 97% afirmaram que utilizariam em seus casos jurídicos. Conclui-se que o modelo apresentou uma aceitação satisfatória pelo público-alvo, podendo trazer benefícios para a advocacia com a melhoria do planejamento de casos jurídicos, bem como contribuir para disseminação dos conceitos e práticas da gestão de projetos na área jurídica, ampliando os conhecimentos e experiências, podendo proporcionar novas teorias para o avanço da gestão.

 


Palavras-chave


Gestão de projetos; Métodos visuais; Canvas; Casos jurídicos

Texto completo:

PDF

Referências


Barbosa, F. J. M., França, R. de S., Rodrigues, R. F., & Parreiras, F. S. (2018). Visualização da Informação e Métodos Visuais como Ferramentas Estratégicas para o Gerenciamento de projetos. Revista de Gestão e Projetos, 9(1), 102-114. Recuperado de https://periodicos.uninove.br/gep/article/view/9685/4430.

Câmara, A. F. (2011). Lições de Direito Processual Civil (21a ed). Rio de Janeiro: Lumen Juris.

Caulliraux, A. A., Bastos, D. P., Araújo, R. & Costa, S. R. (2020). Organizational optimization through the double diamond - Applying Interdisciplinarity. Brazilian J. of Operations & Production Management, 17 (4), e2020917. https://doi.org/10.14488/BJOPM.2020.025.

Cruz, E. C., Gurgel, A. M., & Oliveira, T. (2020). Desenvolvimento de um framework para o planejamento de compras públicas: estudo em uma universidade federal. Revista de Gestão e Projetos, 11(3), 94-116. https://doi.org/10.5585/gep.v11i3.18475.

Dannenhauer, R., Koerting, T. J., & Merkwitza, M. (2013). Wenn Projekte kopfstehen und klassisches Projektmanagement versagt. Frankfurt: Turn Around Thinktank GmbH.

Didier Jr., F. (2015). Curso de Direito Processual Civil: Introdução ao Direito Processual Civil, Parte Geral e Processo de Conhecimento (17a ed). Salvador: Jus Podivm.

Dusse, F., Jr., P. S., Alves, A. T., Novais, R., Vieira, V., & Mendonça, M. (2016). Information visualization for emergency management: A systematic mapping study. Expert Systems with Applications, 45, pp 424-437, 2016. https://doi.org/10.1016/j.eswa.2015.10.007.

Ferronato, A. C. C. (2019). Project Model Canvas adaptado para o planejamento de safras no setor do agronegócio. Dissertação de mestrado, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Fluminense, Campos dos Goytacazes, RJ, Brasil.

Finocchio, J. (2013). Project Model Canvas - Gerenciamento de Projetos sem Burocracia. Rio de Janeiro: Editora Campus.

Gonçalves, C. R. (2016). Direito Civil Esquematizado: parte geral, obrigações e contratos (6ª ed). São Paulo: Saraiva.

Habermann, F., & Schmidt, K. (2017). Project Design: Thinking Tools for Visually Shaping New Ventures. Becota.

Jaca, C., Viles, E., Jurburg, D., & Tanco, M. (2014). Do companies with greater deployment of participation systems use Visual Management more extensively? An exploratory study. Inter. Journal of Production Research, 52(6), 1755 - 1770. https://doi.org/10.1080/00207543.2013.848482.

Kalbach, J. (2012). The Project Canvas – Defining Your Project Visually. Recuperado de https://uxtogo.wordpress.com/2012/05/25/the-project-canvas-defining-your-project-visually.

Lai, T. (2019). The Rise of Legal Project Management: Importance of project management to law firms. PM World Journal, 8(2). 1-17. Recuperado de https://pmworldlibrary.net/wp-content/uploads/2019/02/pmwj79-Feb2019-Lai-the-rise-of-legal-project-management.pdf.

Lei n. 9.099, de 26 de setembro de 1995. Dispõe sobre os Juizados Especiais Cíveis e Criminais e dá outras providências. Diário Oficial da União. Brasília, DF: Ministério da Justiça. Recuperado de http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l9099.htm.

Lei n. 13.105, de 16 de março de 2015. Código de Processo Civil. Diário Oficial da União. Brasília, DF: Presidência. Recuperado de http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2015-2018/2015/lei/l13105.htm.

Liedtka, J. (2015). Perspective: Linking design thinking with innovation outcomes through cognitive bias reduction. Journal of Product Innovation Management, 32(6), 925-938. https://doi.org/10.1111/jpim.12163.

Medeiros, B., Araújo, V., & Oliveira, M. (2018). Life Cycle Canvas (LCC): Um Modelo Visual para a Gestão do Ciclo de Vida do Projeto. Revista de Gestão e Projetos, 9(1), 87-101. Recuperado de https://periodicos.uninove.br/gep/article/view/9684/4429.

Nogueira, R. V. S. A. (2018). Uma proposta de modelo híbrido e visual para gerência de projetos: Project Integration Canvas. Trabalho de Conclusão de Curso, Instituto Federal Fluminense, Campos dos Goytacazes, RJ, Brasil.

PMI - Project Management Institute. (2017). Um Guia do Conhecimento em Gerenciamento de Projetos (6a Ed.). Newtown Square, PA: PMI.

Pretensão. (2011). In Guimarães, D. T. Dicionário Compacto Jurídico (15ª ed). São Paulo: Rideel.

Rogers, J., Dombkins, P., & Bell, F. (2021). Legal Project Management: Projectifying the Legal Profession. Law, Technology and Humans, 3(2), 133-157. https://doi.org/10.5204/lthj.1610.

Rossoni, I. B. (2016). A causa de pedir dos recursos e nos recursos. Revista Brasileira da Advocacia, 2(1), 1-14.

Santos, L., Nobre, A., Silva, T., & Ramos, A. (2019). Análise de stakeholders na Gestão de Projetos Sociais. Revista de Gestão e Projetos, 10(1), 37-50. Recuperado de https://periodicos.uninove.br/gep/article/view/10957/6644.

Saunders, M. N. K., Lewis, P., & Thornhill, A. (2019). Research Methods for Business Students (8ª ed). Pearson.

Schloß, B. (2014). OpenPM Canvas. Recuperado de https://www.openpm.info/display/openPM/Entwicklung+einer+PM-Canvas.

Souza, O. Z., Jr. (2019). PMO do Futuro [Editorial]. Project Design Management, (90).

Stubben,S., Olesen, T. S., Breum, N. B., & Liengård, S. (2014). Project Canvas - Simplifying project communication [Explanatory Manual]. Project Canvas. Recuperado de http://www.projectcanvas.dk/project-canvas-manual.pdf.

Theodoro Jr., H. (2018). Curso de Direito Processual Civil. (59ª ed). Rio de Janeiro: Forense.

Veras, M. (2016). Gestão Dinâmica de Projetos: Life Cycle Canvas. Rio de Janeiro: Brasport.

Vibha, P., Bijayini, J., & Sanjay, K. (2013). Qualitative research [Letters to Editor]. Perspectives in Clinical Research. 4(3), 192. https://doi.org/10.4103/2229-3485.115389




DOI: https://doi.org/10.5585/gep.v12i3.20804

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2021 Revista de Gestão e Projetos

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

GeP – Revista Gestão e Projetos
ISSN da versão eletronica: 2236-0972
www.revistagep.org

GeP – Revista Gestão e Projetos ©2022 Todos os direitos reservados

Esta obra está licenciada com uma licença
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional