A Lei 10.639/03 e o PNE 2014-2024 - para ressignificar as relações étnicas

Jorge Alves Oliveira

Resumo


Este texto objetiva apresentar outra demanda para a efetivação e o avanço da Lei 10.639/03. A pesquisa-estudo, que se desenvolve, enfrenta esse incômodo: Conhecer a história e a cultura, promove outra postura frente a população negra? O enfrentamento do problema, do ponto de vista teórico, é o de identificar como a população negra é acolhida no espaço escolar referenciada pelas metas da educação, PNE 2014-2024. Do ponto de vista prático, o conhecimento transita no “exercício da fala”, promovendo a “reflexão filosófica”. Ainda não há indicadores a serem apresentados, mas é forte o indicativo de que o conhecimento precisa ser ressignificado para ganhar vida, mudando posturas. O entendimento que vem sendo construído é que sem a ressignificação do ato de educar e dos pressupostos que permeiam a educação, a população negra não será contemplada a contento, inviabilizando o espírito da Lei.


Palavras-chave


Ressignificar. Fala. Incômodo. Educação. Filosofia.

Texto completo:

pdf


DOI: https://doi.org/10.5585/cpg.v18n2.10569

Direitos autorais 2019 Cadernos de Pós-graduação

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Cadernos de Pós-graduação
e-ISSN: 2525-3514
www.cadernosdepos.org.br

Cadernos de Pós-graduação ©2020 Todos os direitos reservados.