Educação Inclusiva: Resquícios rançosos de um cotidiano alienado – o perigo mora ao lado, mas por que insistimos em acreditar na deficiência?

Eduardo de Campos Garcia

Resumo


Este artigo tem como objetivo apresentar um breve histórico do conceito de deficiência e inclusão. Faz uma crítica, reflexiva, a revolução industrial como força propulsora da moral que geriu a deficiência como termo constituinte e necessária à diversidade humana.   

Palavras-chave


Pessoa com deficiência Educação inclusiva Revolução industrial

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/cpg.v16n1.7443

Direitos autorais



Cadernos de Pós-graduação
ISSN da versão online: 2525-3514
www.cadernosdepos.org.br

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença 
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.