Manifestações de necessidade de formação continuada por professores do 1º ciclo do Ensino Fundamental

Camila José Galindo, Edson do Carmo Inforsato

Resumo


Este trabalho buscou identificar as carências existentes na formação dos professores do 1º ciclo do Ensino Fundamental que atuam nas redes municipais de ensino do interior paulista. Esta pesquisa teve, como métodos, o survey e o de análise de necessidades com base nas manifestações de categorias ou grupos – metodologia fortemente aceita entre os estudiosos que desenvolvem esse tipo de trabalho. O universo da pesquisa foi composto por oito municípios da região central do Estado de São Paulo e teve como sujeitos 331 professores e oito gestores de educação. Os resultados apontaram que a formação continuada de professores efetiva-se de forma precária e, assim, desconsidera as necessidades profissionais em favor das necessidades dos sistemas. Nesse cenário, a efetivação de propostas formativas, tendo como base a análise de necessidades, revela-se uma estratégia de superação de debilidades, dificuldades e impasses na área.

Palavras-chave


Ensino fundamental. Estado de São Paulo. Formação continuada. Município. Professores.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/dialogia.v7i1.1131

Direitos autorais



Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

Dialogia

ISSN da versão online: 1983-9294
ISSN da versão impressa: 1677-1303
www.revistadialogia.org.br