A Educação para/com idosos: caminhos alternativos de inclusão social

Rita de Cássia Fraga da Costa, Taiza Mara Rauen Moraes, Silvia Sell Duarte Pillotto

Resumo


Diante do envelhecimento emergente da sociedade contemporânea, o desafio é repensar a educação para esse cenário. Em uma sociedade em que a velhice se amplia quantitativamente ante as demais etapas da vida, faz-se necessário (res)significar o papel social do idoso nos espaços formais e não formais da educação. Com base em um levantamento documental e bibliográfico, este artigo pretende socializar resultados de um estado do conhecimento que indica elementos documentais e considerações de autores que refletem sobre histórias (auto)biográficas dos sujeitos, especialmente dos idosos. É fundamental nossa busca por caminhos alternativos de inclusão social de idosos nos processos de educação, direito inegável de toda a sociedade.


Palavras-chave


Educação com idosos; Envelhecimento; Inclusão social; Metodologias; Papel social do idoso.

Texto completo:

PDF

Referências


BOSI, Ecléa. Memória e sociedade: lembrança de velhos. 3.ed. São Paulo: Companhia das Letras,1994.

BRANDÃO, Carlos Rodrigues. O que é educação. (49. reimpr. da 1. ed. de 1981- Coleção Primeiros Passos 20). São Paulo: Brasiliense, 2007.

BRANDÃO, Juliana da Silva; SILVA, Marlene D.; REBELO, Rosana A. A vida na maturidade: uma contribuição à educação permanente. Blumenau: Nova Letra, 2003.

BRASIL. Lei 8.842, de 4 de janeiro de 1994. A Política nacional do Idoso. Brasília, DF, jan 1994. Disponível em: < http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/L8842.htm> Acesso em: 03 jan. 2020.

BRASIL. Lei 10.741, de 1º de outubro de 2003. Dispõe sobre o Estatuto do Idoso e dá outras providências. Brasília, DF, out 2003. Disponível em: Acesso em: 03 jan. 2020.

CACHIONI, Meire; ORDONEZ, Thiago N.; BATISTONI, Samila S.T; LIMA, Thaís B. Metodologias e Estratégias Pedagógicas utilizadas por Educadores de uma Universidade Aberta à Terceira Idade. In: Educação & Realidade, Porto Alegre. v. 40, n. 1, p. 81-103, jan./mar. 2015. Disponível em::< http://www.ufrgs.br/edu_realidade>. Acesso em: 03 jan. 2020.

CAPES. Portal de Periódicos da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes). Disponível em:< https://www.periodicos.capes.gov.br/ >. Acesso em: 03 out. 2019.

DELORY-MOMBERGER, Christine. Formação e socialização: os ateliês biográficos de projeto. In: Educação e Pesquisa, São Paulo, v.32, n.2, p. 359-371, maio/ago. 2006.

GOHN, Maria da Glória. Educação não-formal, participação da sociedade civil e estruturas colegiadas nas escolas. Ensaio: aval. pol. públ. Educ., Rio de Janeiro, v.14, n.50, p. 27-38, jan./mar. 2006. Disponível em:< http://www.scielo.br/pdf/ensaio/v14n50/30405.pdf>. Acesso em: 14 fev. 2020.

GOHN, Maria da Glória. Educação não-formal e cultura política: impactos sobre o associativismo do terceiro setor. 5. ed. São Paulo: Cortez, 2011.

IBGE. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Pirâmide Etária. 2020. Disponível em: < https://educa.ibge.gov.br/jovens/conheca-o-brasil/populacao/18318-piramide-etaria.html>. Acesso em 05 fev de 2020.

ONU. Organização das Nações Unidas. Plano de Ação Internacional de Madri (MIPAA). 2002. Disponível em: < https://www.un.org/development/desa/ageing/madrid-plan-of-action-and-its-implementation.html>. Acesso em 05 fev de 2020.

ONU. Organização das Nações Unidas. World Population Prospects. 2019. Disponível em: < https://population.un.org/wpp/>. Acesso em 05 fev de 2020.

ONU. Organização das Nações Unidas. Quarta revisão e avaliação do Plano de Ação Internacional de Madri sobre Envelhecimento. 2020a. Disponível em:< https://www.un.org/development/desa/ageing/fourth-review-and-appraisal-of-the-madrid-international-plan-of-action-on-ageing-2002.html>. Acesso em 22 fev 2020.

ONU. Organização das Nações Unidas. Décima Primeira Sessão de Trabalho. 2020b. Disponível em:< https://social.un.org/ageing-working-group/documents/eleventh/Guiding%20Questions_NormativeFramework_Education%20et%20al.pdf>. Acesso em 22 fev 2020

PASSEGGI, Maria da Conceição; SOUZA, Elizeu Clementino de; VICENTINI, Paula Perin. Entre a vida e a formação: Pesquisa (auto)biográfica, docência e profissionalização. Educação em Revista. Belo Horizonte. v.27, n.01, p.369-386, abr. 2011

SILVA, Flora Moritz; SILVA, André Thiago Dias da; ROCHA, Rudimar Antunes da. Onde estão as UNTI das Universidades Públicas Federais do Brasil. In: COLÓQUIO INTERNACIONAL DE GESTÃO UNIVERSITÁRIA, 17, 2017, Mar del Plata, Argentina, Repositório UFSC, Florianópolis, nov 2017. Disponível em: < https://repositorio.ufsc.br/bitstream/handle/123456789/181218/101_00171.pdf?sequence=1>. Acesso em 22 fev 2020

WERTHEIN. Jorge. Fundamentos da nova educação. Brasília: UNESCO, 2000. (Cadernos UNESCO. Série educação; 5). Disponível em:< https://unesdoc.unesco.org/ark:/48223/pf0000129766>. Acesso em 22 fev 2020

AUTOR X, 2019. Dissertação

AUTORAS Y, 2019. Artigo publicado em anais de evento.




Direitos autorais 2020 Dialogia

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Dialogia

e-ISSN: 1983-9294
ISSN: 1677-1303
www.revistadialogia.org.br

Dialogia ©2020 Todos os direitos reservados.