Música – porque utilizá-la? Uma análise do uso da música como instrumento mediador, facilitador e motivador no ensino-aprendizagem da língua inglesa em sala de aula

Magali Rosa de Sant’Anna, Erick Silva Wendling de Sousa

Resumo


O presente artigo faz uma análise qualitativa acerca do uso da música como matéria-prima no processo de ensino-aprendizagem da língua inglesa. São observados fatores motivacionais, a retenção de itens lexicais e a integração das habilidades linguísticas no processo de lecionar. Verifica-se também a aplicação e eficácia do método Discovery Approach - uma abordagem que induz o aluno a descobrir aspectos gramaticais dentro de um determinado contexto - na apresentação de itens gramaticais. Para coleta de dados, um mini-curso com carga horária de 10 horas/aula, foi desenvolvido e, posteriormente ministrado aos alunos do 1º semestre do curso de Letras da Universidade Nove de Julho, em São Paulo. É devido à onipresença da música na sociedade atual, que este trabalho iniciou-se; e um de seus objetivos principais, é levar o leitor a refletir acerca da poderosa ferramenta que a música pode ser em sala de aula.

Palavras-chave


Música, Ensino-aprendizagem de Língua Estrangeira, Abordagem Comunicativa, Professor Reflexivo

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/dialogia.N13.2611

Direitos autorais



Dialogia

e-ISSN: 1983-9294
ISSN: 1677-1303
www.revistadialogia.org.br

Dialogia ©2020 Todos os direitos reservados.