Educação e emancipação: o ensino de filosofia no nível médio à luz do pensamento de Adorno

José Carlos Freire, Lonildo Reis Machado

Resumo


O artigo procura refletir sobre o ensino de filosofia no nível médio, tendo como referência a perspectiva educacional de Adorno. A preocupação deste autor em situar a educação na sociedade que vem de um processo de barbárie, simbolizado tragicamente em Auschwitz, e que precisa evitar novas manifestações de caráter parecido aponta para a importância da emancipação o que, no caso do ensino de filosofia, implica em ir além da tradicional transmissão de conhecimento ou leitura da história da filosofia. Cabe ao professor de filosofia pautar-se numa perspectiva problematizadora. Desse modo, o artigo aprofunda, na parte final, os pontos de aproximação entre os dois temas: a emancipação e o ensino de filosofia no nível médio.

Palavras-chave


Adorno, emancipação, ensino de filosofia, problematização

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/dialogia.N13.2723

Direitos autorais



Dialogia

e-ISSN: 1983-9294
ISSN: 1677-1303
www.revistadialogia.org.br

Dialogia ©2020 Todos os direitos reservados.