Creche: uma estranha no ninho educacional

Maria Carmen Silveira Barbosa

Resumo


Este artigo propõe a reflexão sobre a creche como um equipamento educacional, isto é, um espaço de educação coletiva para as crianças de 0 a 3 anos, problematizando a ausência de um lugar para ela no sistema educacional brasileiro, bem como a invisibilidade de sua especificidade nos cursos de Pedagogia. A indefinição, até o presente momento, da forma educacional creche no Brasil dificulta a caracterização dos processos pedagógicos necessários ao seu funcionamento e à formação do profissional que vai atuar nestas instituições especialmente aqueles que irão ter contato com as crianças. Portanto, trata-se de propor a interlocução entre as necessidades e desejos da sociedade para a educação das crianças de 0 a 3 anos, a formação dos docentes nas universidades e o redimensionamento das práticas realizadas nas creches, num diálogo permanente e plural, que pode desvelar outros modos de construir essa scholè para os bebês e as crianças bem pequenas.

Palavras-chave


Educação Infantil Creche Formação de Professoreses

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/dialogia.N17.4410

Direitos autorais



Dialogia

e-ISSN: 1983-9294
ISSN: 1677-1303
www.revistadialogia.org.br

Dialogia ©2020 Todos os direitos reservados.