Gestão democrática da educação: por entre concepções e tendências

Maria Dilnéia Espíndola Fernandes, Andréia Vicência Vitor Alves, Andressa Gomes de Rezende Alves

Resumo


O trabalho apresenta a gestão democrática do ensino enquanto princípio constitucional e sua delegação as unidades federativas pela Lei 9.394/1996. A partir da revisão da literatura, desvelam-se diferentes concepções de gestão de educação que demonstra que esse é um campo em disputa, principalmente a partir dos anos de 1990, quando ganham centralidade modelos de gestão da educação distintos da gestão democrática. Conclui-se que, no contexto de modernização do Estado brasileiro, a gestão democrática do ensino enquanto princípio constitucional tem convivido de forma subsumida a outros modelos de gestão da educação.


Palavras-chave


Política Educacional; Educação Básica; Gestão Educacional; Gestão Democrática da Educação

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/dialogia.N19.4892

Direitos autorais



Dialogia

ISSN da versão online: 1983-9294
ISSN da versão impressa: 1677-1303
www.revistadialogia.org.br

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença 
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.