O pensar e construir uma educação integral em tempo integral no eixo de uma proposta curricular inovadora: desafios e possibilidades

Reijane Maria de Freitas Soares, Carmen Lucia de Oliveira Cabral

Resumo


Neste estudo que aborda o tema educação integral em tempo integral e o desenvolvimento de uma proposta curricular inovadora a investigação se encaminha na perspectiva de se obter resposta para a seguinte problemática: Quais os desafios e possibilidades de desenvolver uma proposta curricular na dimensão da educação integral nas escolas de tempo integral da Rede Pública Estadual de Teresina – PI?  A partir dessa indagação busca-se como objetivo geral: Analisar os desafios e possibilidades de desenvolver uma proposta curricular na dimensão da educação integral nas escolas de tempo integral da Rede Pública Estadual de Teresina e específicos: Compreender a importância da prática educativa do professor dos Centros de Ensino de Tempo Integral – CETIs para o desenvolvimento de um currículo norteado nos princípios da educação integral; Descrever a articulação da prática educativa do professor dos CETIs com os princípios definidos no PPP das escolas de tempo integral; Discutir a efetivação dos princípios de autonomia, democracia e qualidade no âmbito da prática educativa do professor dos CETIs com vistas a educação integral e em tempo integral. Com esse propósito adota-se uma linha metodológica focada na pesquisa qualitativa consubstanciada pelo método da narrativa, aplicada em dois Centros de Ensino de Tempo Integral, um (01) que trabalha com Ensino Fundamental dos Anos Iniciais aos Anos Finais do Ensino Fundamental (1º ao 9º ano), um (01) do Ensino Médio. Participam dessa pesquisa cinco (05) professores que atuam nos dois centros de ensino, vinculados a rede estadual de educação do Estado do Piauí e que ingressaram na fase de implantação dos CETIs. Na aquisição das informações utilizou-se a entrevista narrativa, as notas de campo, o questionário e a consulta a documentos. Na fundamentação do trabalho recorreu-se como aportes teóricos: Bardin (2011), Benjamin (1985), Chizotti (1995), Freire (1996), Sacristán (2007), Veiga (2004) dentre outros. Verificou-se que os princípios estabelecidos nos PPPs dos CETIs não estão sendo articulados no desenvolvimento da prática educativa do professor dos CETIs e, por conseguinte, não vivenciados no processo de formação do aluno. Isto implica, em contradições operacionais do Projeto Político Pedagógico destes centros de ensino, considerando os objetivos propostos. Tal realidade exige mudanças políticas, estruturais e pedagógicas com vista ao fortalecimento destes centros de ensino e ressignificação da prática educativa dos professores, de tal forma que possa manter a coerência da natureza dos CETIs na operacionalização de suas propostas curriculares. Assim, considera-se emergente, dentre outras necessidades de estudos, reflexões teórico-práticas com vista a concretização desta proposta curricular que almeja a promoção da educação integral do aluno.

Palavras-chave


Escola de tempo integral; Educação integral; Proposta curricular; Prática educativa.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/dialogia.N20.5203

Direitos autorais



Dialogia

ISSN da versão online: 1983-9294
ISSN da versão impressa: 1677-1303
www.revistadialogia.org.br

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença 
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.