O Mestrado Profissional em Educação de Jovens e Adultos: problemas, objetos e desafios

Tânia Regina Dantas

Resumo


Este artigo trata dos conceitos, objetivos e principais aspectos estruturantes dos Mestrados Profissionais criados pela CAPES para promover a formação de profissionais qualificados para atuarem na área da educação. Situa a educação de jovens e adultos como uma área importante para a formação docente e carente de professores qualificados nesta modalidade educativa. Com base em documentos produzidos pela CAPES e pelas Comissões criadas pelo Fórum de Coordenadores de Programas de Pós-Graduação em Educação, comenta as características e conceitos atribuídos ao Mestrado Profissional. .Apresenta o Programa de Pós-Graduação em Educação de Jovens e Adultos, em nível de Mestrado Profissional, implantado na Bahia em 2013, por um coletivo de professores na Universidade do Estado da Bahia (UNEB) para atender às demandas por qualificação dos professores desta área. Aborda também os objetos, os problemas de pesquisa, os princípios e dispositivos metodológicos que são mais recorrentes em um mestrado profissional específico criado no âmbito da universidade estadual, proposta pioneira no Brasil no campo da educação de jovens e adultos. Destaca os objetivos e alguns aspectos estruturantes do Programa em EJA implantado no estado da Bahia em 2013, após a aprovação pela CAPES. Culmina com os desafios a serem enfrentados pelo Programa de Pós-Graduação em nível de Mestrado Profissional, na área da Educação de Jovens e Adultos.

 


Palavras-chave


Educação; Formação de professores; Profissionalização

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/dialogia.N21.5456

Direitos autorais



Dialogia

e-ISSN: 1983-9294
ISSN: 1677-1303
www.revistadialogia.org.br

Dialogia ©2020 Todos os direitos reservados.