Poder pastoral, disciplina e biopolítica: gênero e sexualidade em Aspectos da Vida Cidadã

Vilma Nonato de Brício, Flávia Cristina Silveira Lemos, Josenilda Mauês

Resumo


 Neste artigo analisamos a constituição de gênero e sexualidade a partir da articulação entre o poder pastoral, a disciplina e a biopolítica, acionadas pela religião, pelo Estado e pela educação no componente curricular Aspectos da Vida Cidadã (AVC) que faz parte do desenho curricular da “Escola em Regime de Convênio de Ensino Fundamental e Médio São Francisco Xavier”. O “Colégio São Francisco Xavier” (CSFX), como é mais conhecido, é um estabelecimento de ensino do município de Abaetetuba (PA) que funciona em regime de convênio entre a Secretaria Estadual de Educação do Estado do Pará (SEDUC) e a Diocese de Abaetetuba. A análise se pautou em enunciados de documentos levantados e recortados de um conjunto heterogêneo de elementos curriculares atravessados por injunções de diferentes campos de saberes e relações de poder, os quais nos permitiram rastrear séries discursivas e diferentes formas de normalização dos sujeitos por meio do objeto gênero e sexualidade.


Palavras-chave


Currículo. Saber. Poder. Gênero. Sexualidade.

Texto completo:

PDF PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/dialogia.N23.5518

Direitos autorais



Dialogia

e-ISSN: 1983-9294
ISSN: 1677-1303
www.revistadialogia.org.br

Dialogia ©2020 Todos os direitos reservados.