A Pedagogia da Alternância e a Licenciatura em Educação do Campo na Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ): o ensino médio e a formação de educadores do campo

Aline Abbonízio, Ramofly Bicalho dos Santos

Resumo


Nossa intenção com este texto é dar visibilidade ao Projeto Político-Pedagógico do Curso de Licenciatura em Educação do Campo da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (PROJETO, 2014), na estreita articulação com a Pedagogia da Alternância, a partir das atividades realizadas pela Regional Sul Fluminense. O objetivo principal desta Licenciatura é formar educadores(as) para atuarem nas escolas do campo que atendam as séries finais do ensino fundamental e ensino médio, situadas em acampamentos e assentamentos da reformaagrária, nas comunidades rurais quilombolas, de pescadores artesanais e caiçaras, nos movimentos sociais do campo e da cidade e nas áreas de produção agrícola familiar. A organicidade desta Licenciatura tem como desafio articular escolarização, melhorias nas condições de vida efortalecimento político dos grupos sociais envolvidos.

Palavras-chave


Licenciatura em Educação do Campo. Pedagogia da Alternância. Movimentos Sociais e Diversidade.

Texto completo:

PDF PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/dialogia.N23.6244

Direitos autorais



Dialogia

ISSN da versão online: 1983-9294
ISSN da versão impressa: 1677-1303
www.revistadialogia.org.br

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença 
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.