Memórias da avaliação da aprendizagem: o caderno de memórias como instrumento de reflexão e autoavaliação

Célia Regina Teixeira, Danieli Almeida de Araújo Rodrigues Bulhões, Merian Aparecida Poluceno da Silva

Resumo


Este trabalho tem como objetivo ocasionar uma reflexão acerca da avaliação das aprendizagens, a partir dos registros nos cadernos de Memórias dos alunos do curso de pedagogia, para isto, destacamos as reflexões realizadas através das vivências decorrentes da disciplina de Avaliação Educacional, ministrada no curso de Pedagogia, Centro de Ciências Aplicadas e Educação – CCAE, da Universidade Federal da Paraíba — UFPB. A avaliação das aprendizagens vem sendo cada vez mais objeto de discussão entre estudiosos e profissionais da educação. E para demostrar esse interesse, foi proposto como avaliação da aprendizagem à construção do caderno de memórias de aulas. O caderno de memórias de aulas contribuiu para a reflexão acerca das impressões e experiências sobre o processo de avaliação e, também nos serviu como instrumento de autoavaliação das aprendizagens construídas. Durante todo processo de construção houve um diálogo entre os aspectos da teoria e prática, nos permitindo a todos compreender a avaliação e a sua importância para o processo de aquisição de conhecimentos da área avaliativa.


Palavras-chave


Avaliação; Memórias de aulas; Ensino e aprendizagem; autoavaliação

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/dialogia.N26.7095

Direitos autorais



Dialogia

e-ISSN: 1983-9294
ISSN: 1677-1303
www.revistadialogia.org.br

Dialogia ©2020 Todos os direitos reservados.