Folhetos de cordel no ensino de língua materna: A aula de leitura revisitada

Linduarte Pereira Rodrigues, Rodrigo Nunes da Silva

Resumo


O estudo traz uma reflexão sobre métodos e práticas de leitura para aulas de Língua Materna, tendo em vista formar leitores proficientes, levando em consideração as tradições orais de transmissão cultural. Aponta possibilidades de abordagem do discurso pós-moderno a partir do folheto de cordel. Objetiva sugerir um trabalho em turmas de ensino médio, com vistas a desenvolver a proficiência leitora e o aprimoramento de conhecimentos essenciais à contemporaneidade. A proposta situa-se numa perspectiva educacional, perpassando as teorias da análise do discurso (AD) e da linguagem. Para tanto, apoia-se em estudos já realizados por Bakhtin/Voloshinov (2004), Hall (2005), Orlandi (2009), Possenti (2009), Sacristán (2002), entre outros. O propósito foi despertar nos alunos o gosto pela leitura e a funcionalidade de gêneros discursivos diversos na escola e na sociedade, o que em nossa prática foi evidenciado pela leitura do cordel.


Palavras-chave


Leitura. Cordel. Discurso pós-moderno. Educação.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/dialogia.N28.7338

Direitos autorais



Dialogia

ISSN da versão online: 1983-9294
ISSN da versão impressa: 1677-1303
www.revistadialogia.org.br

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença 
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.