Educação em tempos de bolhas online: uma abordagem peirceana

Juliana Rocha Franco, Priscila Monteiro Borges

Resumo


O desenvolvimento das redes sociais digitais e dos sistemas de busca na internet têm nos levado a repensar os modos como interagimos e adquirimos informação na internet. Apesar de potencialmente a internet, como um repositório gigantesco de dados, aumentar as possibilidades de acesso aos mais diversos dados, assim como o aumento da quantidade de informação, nossos modos de interação em rede hoje têm mostrado algumas restrições nesse universo de possibilidades. Neste artigo, analisaremos o surgimento das bolhas online como um fenômeno que mostra como certos modos de interação na internet podem nos levar a ficar fechados em universos muito restritos e familiares ao invés de nos proporcionar a experiência com o desconhecido a fim de descobrí-lo. Sabendo que as redes sociais digitais viraram uma das mais importantes fontes de notícia para as gerações jovens e que grande parte da informação adquirida por esses jovens vêm da internet, precisamos refletir sobre os modos como acessamos esse enorme banco de dados.


Palavras-chave


Educação, Bolhas online, Fixação da Crença

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/dialogia.N27.7791

Direitos autorais



Dialogia

ISSN da versão online: 1983-9294
ISSN da versão impressa: 1677-1303
www.revistadialogia.org.br

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença 
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.