Psicanálise e educação: possibilidades de interlocução para a formação de professores

Patrícia Junqueira Grandino

Resumo


O diálogo entre psicanálise e educação apresenta-se, em geral, polêmico e controvertido. Destacam-se, na bibliografia existente, as considerações sobre as distinções dos âmbitos de atuação e limitações epistemológicas. Entretanto, os questionamentos que a educação propõe à psicanálise, bem como os desafios que as questões educacionais apresentam à sociedade, mantêm abertas as possibilidades de interlocução. Pretendemos destacar as possibilidades de interlocução que o saber psicanalítico pode oferecer à formação de professores, enfatizando, nesse sentido, o lugar da dimensão relacional nas ações educativas e a potencialização dos sujeitos implicados no cotidiano educacional.

Palavras-chave


Formação de professores. Psicanálise. Relação professor-aluno.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/dialogia.v3i0.862

Direitos autorais



Dialogia

e-ISSN: 1983-9294
ISSN: 1677-1303
www.revistadialogia.org.br

Dialogia ©2020 Todos os direitos reservados.