Inclusão e formação docente

Maria Odete Emygdio da Silva

Resumo


A escola actual confronta-se com ínumeras questões, das quais o multiculturalismo e a inclusão de alunos considerados como tendo necessidades educativas especiais são apenas alguns dos exemplos que apelam à implementação de práticas diferenciadas que contribuam para aprendizagens significativas, baseadas na cooperação e na diferenciação inclusiva. Sendo a escola um lugar privilegiado de interacção de políticas, de culturas e de práticas, reflectir sobre a implementação de actividades que as facilitem, em termos da sua aplicabilidade como um suporte significativo para a inclusão, parece-nos ser da maior importância. Os resultados da investigação que temos realizado, alguns dos quais apresentamos neste artigo, bem como a prática em que temos estado envolvidas evidenciam como a formação que assenta na análise de necessidades é um excelente contributo para reflectir sobre essas e outras questões que a inclusão desses alunos suscita.

Palavras-chave


Análise de necessidades de formação. Educação inclusiva. Formação de professores. Necessidades educativas especiais.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/eccos.v10i2.1487

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais



EccoS – Revista Científica
ISSN da versão online: 1983-9278
ISSN da versão impressa: 1517-1949
www.revistaeccos.org.br