Qualidade e educação a distância: do referencial teórico à sua proposição

Daniela da Costa Britto Pereira Lima, Katia Morosov Alonso

Resumo


Este estudo possui como objetivo geral identificar características, necessidades, problemas e fatores fundamentais da educação a distância (EaD), da qualidade de um modo geral e, especificamente, da qualidade na educação superior a distância. A pesquisa, do tipo bibliográfica e documental, utilizou a abordagem qualitativa de coleta de dados em documentos elaborados no período 2009 e 2017, e foi realizada em repositórios nacionais e internacionais.Os resultados permitiram construir uma lente teórico-conceitual acerca da EaD na educação superior (ES) e de sua qualidade, além de contribuir para a elaboração das dimensões e indicadores dessa oferta, em níveis meso e micro de qualidade, favorecendo o empoderamento dos atores interessados e colaborando para a formação de sua agenda política, social e acadêmica. 


Palavras-chave


Qualidade Social. Educação superior e a distância; Indicadores;

Texto completo:

PDF

Referências


AIRES, L. E-learning, Educação Online e Educação Aberta: Contributos para uma reflexão teórica. Revista Iberoamericana de educación a distancia – RIED, Madrid/Espanha, v. 19, n. 1, p. 253-269, 2016. Disponível em: http://revistas.uned.es/index.php/ried/article/view/14356/. Acesso em: 10 fev. 2019.

AJMERA, R.; DHARAMDASANI, D. K. E-learning Quality Criteria and Aspects. International Journal os Computer Trends and Technology, Thennur/India, v. 12, n. 2, p. 90-93, 2014. Disponível em: https://arxiv.org/pdf/1406.7744.pdf/. Acesso em: 13 jan. 2019.

ALONSO, K. M. A expansão do ensino superior no Brasil e a EaD: Dinâmicas e Lugares. Educ. Soc., Campinas, SP, v. 31, n. 113, p. 1319-1335, 2010. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/es/v31n113/14.pdf/. Acesso em: 12 jan. 2019.

BERTOLIN, J. C. G.; MARCHI, A. C. B. de. Instrumentos para avaliar disciplinas da modalidade semipresencial: uma proposta baseada em sistemas de indicadores. Avaliação, Campinas/SP, v. 15, n. 3, p. 131-146, 2010. Disponível em: http://submission.scielo.br/index.php/aval/article/view/28408/3477/. Acesso em: 14 jan. 2019.

BRASIL. Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Anísio Teixeira (Inep). Censo da Educação Superior: Sinopse Estatística 2002; 2016; 2018. Disponível em: http://inep.gov.br/sinopses-estatisticas-da-educacao-superior/. Acesso em: 10 jan. 2019.

BRASIL. Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Anísio Teixeira (Inep). Lei do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior - Sinaes, n. 10.861, de 14 de abril de 2004. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2004-2006/2004/lei/l10.861.htm/. Acesso em: 20 de jun. 2019.

BRASIL. Decreto 9.057, de 25 de maio de 2017. Regulamenta o artigo 80 da Lei no 9.394. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2015- 2018/2017/Decreto/D9057.htm . Acesso em: 15 set. 2017.

CARLSEN, A.; HOLMBERG, C.; NEGHINA, C.; OWUSU-BOAMPONG, A. Closing the gap – Opportunities for distance education to benefit adult learners in higher education. Germany: Unesco Institute for Lifelong Learning (UIL), 2016. Disponível em: http://unesdoc.unesco.org/images/0024/002432/243264e.pdf/. Acesso em: 10 jul. 2018.

DIAS SOBRINHO, J. Democratização, qualidade e Crise da Educação Superior: faces da exclusão e Limites da Inclusão. Revista Educação e Sociedade, Campinas, SP, v. 31, n. 113, p. 1223-1245, 2010.

DOURADO, L. F.; OLIVEIRA, J. F. de. A qualidade da educação: perspectivas e desafios. Cad. Cedes, Campinas, SP, v. 29, n. 78, p. 201-215, 2009.

DOURADO, L. F.; OLIVEIRA, J. F.de; SANTOS, C. A. A qualidade da educação: conceitos e definições. Brasília: Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, 2007.

GÓMEZ, M. J. R. Indicadores, experiencias y problemas en la evaluación de la educación a distancia. In: RAMA, C. (Org.). Los problemas de la evaluación de la educación a distancia en América Latina y el Caribe. 2015. Disponível em: http://www.caled-ead.org/sites/default/files/files/libro-caled-2015.pdf/. Acesso em: 10 jan. 2019.

ICDE. International Council for Open and Distance Education. Quality models in online and open education around the globe: State of the art and recommendations. Project coordinator: EADTU – European Association of Distance Teaching Universities, 2015. Disponível em: https://www.icde.org/quality-models-in-online-and-open-education-around-the-globe/. Acesso em: 15 mar. 2019.

LATCHEM, C. Garantia de qualidade na educação a distância online. In: ZAWACKI-RICHTER, O.; ANDERSON, T. (Org.). Educação a distância online: construindo uma agenda de pesquisa. São Paulo: Artesanato Educacional, 2015. p. 319-353.

LIMA, D. C. B. P. Documento técnico contendo estudo analítico do processo de expansão de EaD ocorrido no período 2002-2012, particularmente no que se refere aos cursos de formação de professores nas IES públicas e privadas. 2014. Produto 02. Projeto Conselho Nacional de Educação/Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura. Disponível em: http://mecsrv125.mec.gov.br/index.php?option=com_docman&task=doc_download&gid=16510&Itemid=/. Acesso em: 26 mar. 2017.

LIMA, D. C. B. P.; ASSIS, L. M. de. Arena constitutiva da educação superior a distância: as regras do jogo e como o jogo é jogado. Revista Brasileira de Política e Administração da Educação, Brasília, v. 34, n. 1, p. 9-16, jan./abr. 2018. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/rbpae/article/view/82461/48874/. Acesso em: 10 jun. 2019.

MALIK, S. K. Strategies for Maintaining Quality in Distance Higher Education. Turkish Online Journal os Distance Education, Eskisehir/Turkey, v. 16, n. 1, p. 238-248, 2015. Disponível em: https://files.eric.ed.gov/fulltext/EJ1092842.pdf/. Acesso em: 19 mar. 2019.

MILL, D.; OLIVEIRA, M. R. G. A educação a distância em pesquisas acadêmicas: uma análise bibliométrica em teses do campo educacional. Educar em revista, Curitiba, n. 4, p. 15-36, 2014. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/er/nspe4/0101-4358-er-esp-04-00015.pdf/. Acesso em: 10 jun. 2019.

MONTEIRO, A.; MOREIRA, J. A. O Blended Learning e a integração de sujeitos, tecnologias, modelos e estratégias de ensino-aprendizagem. In: MONTEIRO, A.; MOREIRA, J. A.; ALMEIDA, A. C.; LENCASTRE, J. A. (Orgs.). Blended Learning em contexto educativo: Perspectivas Teóricas e práticas de investigação. 2. ed., Santo Tirso/Portugal: De Facto Editores, 2013. p. 19-32.

MOROSINI, M. C. Qualidade na educação superior: tendências do século. Revista Estudos em avaliação educacional, São Paulo, v. 20, n. 43, p. 165-186, 2009. Disponível em: http://www.fcc.org.br/pesquisa/publicacoes/eae/arquivos/1487/1487.pdf/. Acesso em: 13 abr. 2018.

MOROSINI, M. C. et al. A qualidade da educação superior e o complexo exercício de propor indicadores. Revista Brasileira de Educação, Rio de Janeiro, v. 21, n. 64, p. 13-37, 2016.

NASCIMENTO, F. P. do; CARNIELLI, B. L. Educação a distância no Ensino Superior: Expansão com qualidade? Educação Temática Digital, Campinas, SP, v. 9, n. 1, p. 84-98, 2007. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/etd/article/view/740/. Acesso em: 23 jan. 2019.

OLIVEIRA, J. F. de; LIMA, D. da C. B. P. Pós-Graduação e Educação a Distância: Novos fins, natureza e modus operandi em construção. In: CASTRO, A. et al. (Orgs.). Educação Superior em países e regiões de Língua Portuguesa: Desafios em Tempo de Crise. Lisboa: Educa, 2018. p. 215-242.

RAMA, C. Las complejidades de evaluar y acreditar la educación a distancia. In: CORBACHO, J. B. et al. (Org.). Los problemas de la evaluación de la educación a distancia en América Latina y el Caribe. Ecuador: Ediloja, 2015. p. 09-16.

RUBIN, Y. Modern E-learning: Qualitative education acessibility concep. In: European Association for Quality Assurance in Higher Education. Quality Assurance of E-learning. Finland, 2010. p. 18-27. Disponível em: https://enqa.eu/indirme/papers-and-reports/workshop-and-seminar/ENQA_wr_14.pdf/. Acesso em: 10 jan. 2019.

SABA, F. Métodos de estudo em educação a distância: revisão crítica de literatura recente selecionada. In: ZAWACKI-RICHTER, O.; ANDERSON, T. (Orgs.). Educação a distância online: construindo uma agenda de pesquisa. São Paulo: Artesanato Educacional, 2015. p. 153-173.

SANGRÀ, A.; VLACHOPOULOS, D.; CABRERA, N. Building an Inclusive Definition of E-Learning: an Approach to the Conceptual Framework. The International Review of Research in Open and Distance Learning, Athabasca/Canadá, v. 13, n. 2, p. 145-159, 2012. Disponível em: https://files.eric.ed.gov/fulltext/EJ983277.pdf. Acesso em: 10 jan. 2019.

SHARPLES M.; ARNEDILLO-SÁNCHEZ, I.; MILRAD, M.; VAVOULA, G. Mobile Learning. In: BALACHEFF, N.; LUDVIGSEN, S.; DE JONG, T.; LAZONDER, A.; BARNES, S. (Orgs.). Technology-Enhanced Learning. Dordrecht: Springer, 2009. p. 233-249.

SINGH, B.; MISHRA, P. Quality Assurance in Distance Education. Journal of Applied Research in open and distance education, Bingley/United Kingdom, v. 24, n. 1, p. 85-92, 2016. Disponível em: https://www.researchgate.net/publication/319292174_Quality_Assurance_In_Distance_Education/stats/. Acesso em: 10 nov. 2018.

SOUSA, L. S. de L.; LIMA, D. da C. B. P. Atos normativos do Conselho Federal de Educação e do Conselho Nacional de Educação: o desvelar da trajetória da educação superior a distância no Brasil. Eccos Revista Científica, São Paulo, n. 44, p. 143-158, 2017. Disponível em: http://www4.uninove.br/ojs/index.php/eccos/article/viewFile/7886/3652/. Acesso em: 10 mar. 2018.

VERSUTI, A. C. Uma comparação entre critérios de qualidade para avaliação de cursos a distância. Anais […]. Congresso ABED 2008. Disponível em: http://www.abed.org.br/congresso2008/tc/5122008121658AM.pdf/. Acesso em: 10 jun. 2019.

VLACHOPOULOS, D. Assuring Quality in E-Learning Course Design: The Roadmap. International Review of Research in Open and Distributed Learning, Athabasca/Canadá, v. 17, n. 6, p. 183-215, 2016. Disponível em: https://files.eric.ed.gov/fulltext/EJ1122217.pdf. Acesso em: 6 nov. 2018.




DOI: https://doi.org/10.5585/eccos.n51.15250

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 EccoS – Revista Científica

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

EccoS – Revista Científica 

ISSN da versão online: 1983-9278
ISSN da versão impressa: 1517-1949
www.revistaeccos.org.br