Literatura e formação humana

Jadir de Morais Pessoa

Resumo


O artigo discute a fecundidade da relação entre arte e educação, particularizando a literatura como potencialização do olhar pesquisante, tanto sobre questões teóricas quanto sobre processos humanos e sociais que envolvem o fenômeno educacional. Considera que a educação é constituinte e constituída pela cultura, entendendo-a, por isso, como formação humana, projeto cultural. Considera também que a literatura pode ser tomada como representação do real, sem perder sua característica essencial de criação do espírito humano, constituindo-se, portanto, por seus próprios princípios e regras. Isso significa dizer, nos termos de Bourdieu, que a literatura é campo ou espaço de relações sociais, que tem tudo a ver com a educação no sentido de formar o cidadão como ser portador de valores e aspirações.

Palavras-chave


Literatura e realidade. Literatura e educação. Formação humana.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/eccos.n32.3441

Direitos autorais



Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

EccoS – Revista Científica
ISSN da versão online: 1983-9278
ISSN da versão impressa: 1517-1949
www.revistaeccos.org.br