Ensino fundamental de nove anos: discurso de diretoras, professoras e coordenadoras pedagógicas

Esméria Lourdes Saveli, Maria Odete Vieira Tenreiro

Resumo


O presente artigo discute a política educacional do ensino fundamental de nove anos através do discurso de coordenadoras pedagógicas, professoras e diretoras que atuam em escolas públicas da rede municipal de ensino, de um município localizado no interior do Estado do Paraná. O instrumento para coleta das informações foi entrevistas semi estruturadas. O procedimento para o tratamento dos dados empíricos foi inspirado na metodologia do Discurso do Sujeito Coletivo. Os discursos dos sujeitos evidenciaram que a garantia de todas as crianças terem acesso à educação obrigatória é, um avanço para nossa sociedade. No entanto, a implementação da política está a exigir dos sistemas de ensino uma estrutura física com espaços e tempos adequados para o encaminhamento do processo pedagógico que atenda as singularidades da criança do primeiro ano do ensino fundamental de 9 anos.

Palavras-chave


política educacional, ensino fundamental de 9 anos, saberes e práticas.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/eccos.n38.3660

Direitos autorais



EccoS – Revista Científica
ISSN da versão online: 1983-9278
ISSN da versão impressa: 1517-1949
www.revistaeccos.org.br